Famosos

Azealia Banks cai no choro ao relatar sua versão do bapho com Russell Crowe

por Raphael Amador
há 1 ano

Nesta quinta (27), a rapper Azealia Banks concedeu uma entrevista ao Access Hollywood para falar sobre o bapho envolvendo Russell Crowe, o qual ela acusou de a ter agredido física e verbalmente durante uma festa na suíte do ator, num hotel em Beverly Hills.

O ator negou as acusações e ela resolveu contar sua versão da história na TV americana. “Toda hora, toda hora que algo assim acontece eu sou acusada de querer esse tipo de atenção. Tipo, quem diabo quer contar para alguém que sofreu abuso? Sabe, isso é humilhante e eu estou muito, muito humilhada“, disse ela aos prantos.

Segundo a rapper, Crowe zombou de sua carreira durante toda a noite, a estrangulou, proferiu palavras de cunho racista e a colocou para fora da suíte. Testemunhas que estavam no local relataram que a confusão só começou após Azealia ameaçar cortar a garganta de uma moça com a taça que segurava, o que foi negado pela cantora. Veja seu depoimento:

A treta veio à tona quando Azealia relatou em um post já apagado do Facebook que teria sido agredida pelo ator. “Para recapitular minha noite, fui a uma festa na suíte do Russell Crowe, na qual ele me chamou de ‘preta’, me estrangulou, me pôs para fora e cuspiu em mim. A noite passada foi uma das mais difíceis para dormir em muito tempo. Os homens da sala permitiram que aquilo ocorresse. Me sinto muito muito mal hoje“, escreveu ela.

Segundo a polícia americana não há como a agressão ser provada pois o hotel alegou não ter gravações do ocorrido. “E aí, não tem gravação. Você liga para o hotel procurando a fita e eles dizem que não tem gravação? Onde está a gravação? Aí eles dizem, ‘oh, não têm câmeras naquele corredor’. Tipo, como assim não têm câmeras no corredor? É o corredor onde estão as suítes, onde vão muitas celebridades. Tem tanto dinheiro passando por ali e não tem câmeras? Eles são cheios de merda“, desabafou.