Famosos

Casamento Real: pai de Meghan Markle é acusado de vender fotos falsas e irmã assume culpa, afirma Mirror

por Victoria Nascimento
há 12 dias

Uma semana antes do casamento de Meghan Markle e príncipe Harry, marcado para o dia 19 de maio, a família da noiva continua causando na mídia. Apesar da maioria das notícias afirmarem que Thomas Markle, pai da noiva, não foi convidado para a cerimônia, segundo o Daily Mail, o patriarca conseguiu vender fotos supostamente se preparando para o casório.

Ainda de acordo com a nota, Thomas Markle combinou as fotos até tirando medidas para a roupa da festa com o paparazzo britânico Jeff Rayner. O fotógrafo, que mora em Los Angeles, nos Estados Unidos, também fez cliques do homem em um café lendo notícias sobre o casamento da filha.

Fontes do jornal afirmaram que os dois chegando juntos nos locais e até câmeras de segurança gravaram os homens interagindo. Ao Daily Mail, a gerente do café disse que Thomas e Jeff ficaram lá por apenas 10 minutos e saíram juntos. “Eu estava falando as medidas para ele, mas ele não anotou. Foi bem estranho”, disse um assistente da loja de ternos, chamado David Flores, que ainda recebeu uma gorjeta de 50 reais.

O fotógrafo, de acordo com a imprensa britânica, teria lucrado cerca de 135 mil dólares com os supostos flagrantes, quase 500 mil reais. Recentemente, o Palácio de Kensington já havia publicado uma carta pedindo que os jornais não publicassem fotos de Thomas Markle alegando que o pai da noiva estava sendo “seguido e assediado” por jornalistas e fotógrafos. Até o momento, Markle e Rayner se recusaram a comentar o caso.

Outra integrante babadeira da família, a irmã de Meghan, Samantha Markle, colocou mais fogo no parquinho quando, na manhã desta segunda-feira, 14, afirmou ser a grande responsável pela “armação”:

Fonte:
mirror.co.uk

“A má impressão sobre o meu pai fazendo fotos encenadas é minha culpa. A mídia estava injustamente fazendo com que ele parecesse ruim, então eu sugeri que ele fizesse fotos positivas para seu benefício e o benefício da Família Real. Não foi por dinheiro”, afirmou irmã de Meghan em seu perfil no Twitter.