Famosos

Fonte diz ter testemunhado ataque sexual de Ryan Seacrest: ‘Saia de mim!’

Pedro Hosken - Publicado em 28/02/2018 às 14:21

Depois de Ryan Seacrest ter negado veementemente qualquer abuso sexual por parte dele, uma fonte anônima da indústria alegou em entrevista ao “Today” desta quarta (28) já ter presenciado agressões do apresentador. Sem se identificar, a profissional corroborou com as declarações da ex-estilista de Ryan, Suzie Harder, que no início da semana o denunciou por ataques sexuais.

Ela ia amarrar seu sapato e Ryan empurrava a cabeça dela em direção à sua virilha. Eu vi isso mais de uma vez“, contou a fonte, acrescentando que, antes de um especial de Red Carpet do Oscar em 2008, Seacrest teria segurado Hardy com um abraço por trás. “Ela gritou ‘Saia de mim!’ Ela estava tentando se afastar dele. Eu pude ver um pênis ereto em sua cueca“, finalizou.

No red carpet do GRAMMY Awards 2018, Ryan usou uma rosa branca em apoio aos movimentos que lutam pelo fim dos assédios em Hollywood. (Foto: Jamie McCarthy/Getty Images)

Na noite desta terça-feira (27), Ryan enviou ao “The Hollywood Reporter”, um comunicado em que nega ter abusado de Hardy e a acusa de suborno. “Esta pessoa que me denunciou por coisas horríveis ofereceu, em várias ocasiões, retirar suas acusações se eu pagasse milhões de dólares. Eu recusei. Eu trabalhei extremamente duro para alcançar meu sucesso e eu não menosprezo minhas oportunidades”. 

Suzie trabalhou como estilista de Ryan no canal “E!” de 2006 a 2013. Nesta segunda-feira (26), a profissional relatou em entrevista à Variety, que passou boa parte desse tempo sofrendo abusos nas mãos do apresentador até que o denunciou aos executivos de Recursos Humanos da emissora. Ela o acusou de “ter esfregado seu pênis ereto nela enquanto estava vestido apenas de cueca, de ter tocado em sua vagina e de ter dado um tapa tão forte em suas nádegas, deixando uma marca visível mesmo horas depois“.