Famosos

Charlize Theron pensa em deixar os EUA por medo de racismo contra os filhos: “Está mais vivo do que pensam”

por Victoria Nascimento
há 11 dias

Esta semana a maravilhosa Charlize Theron surgiu deslumbrante na capa da revista Elle, mas não só de closes belos ela marcou. No papo com a atriz, a publicação conversou sobre um tema muito importante: o racismo. Theron revelou que teme que seus filhos, Jackson Theron e August Theron, sofram com o racismo:

“Não podemos negar mais, precisamos falar sobre isso. Há lugares desse país que eu não aceitaria trabalhar, eu não viajaria com os meus filhos para algumas partes dos Estados Unidos e isso é muito problemático. Muitas vezes eu olho para as minhas crianças e penso que caso continue assim eu talvez precise sair daqui, a última coisa que quero é que os meus filhos se sintam inseguros”.

Charlize ainda contou que sua criação na África do Sul, durante o Apartheid, fez com que ela ficasse ainda mais ativa em relação a lutas por igualdade e direitos humanos. “O racismo está muito mais vivo e ativo do que as pessoas pensam. Tendo sido criada durante o apartheid me tornou muito sensível para essas questões. É claro, tenho duas crianças negras, mas são questões pelas quais sempre fui passional. Nem sei o que dizer sobre o último ano sob a nova administração”, desabafou a estrela se referindo ao governo de Donald Trump.