Famosos

Emilia Clarke revela pergunta que odeia ouvir de jornalistas e faz discurso poderoso; assista

por Pedro Hosken
há 9 dias

Uma das estrelas de “Han Solo: Uma História Star Wars” – que estreia no Brasil no próximo dia 24 – Emilia Clarke criticou uma expressão usada com bastante frequência por certos jornalistas. Em conversa com a Variety, nesta terça-feira (15), durante o 71° Festival de Cannes, a atriz repreendeu aqueles que empregam o termo “mulher forte” para se referirem a uma personagem feminina.

“‘Como se sente ao interpretar uma mulher forte?‘”, reproduziu ela, a já ‘manjada’ pergunta. “Eu vou te dizer como é interpretar uma mulher, fim. É isso. Tire o ‘forte’ da pergunta, encontre outro adjetivo, caramba. Eu só estou interpretando mulheres. Se não é forte, o que é isso? Você está me dizendo que há outra opção? Há uma opção ‘fraca’? Você acha que o papel de liderança em um filme vai ser alguém fraco? Simplesmente não faz sentido ter essa conversa, então já basta com as “mulheres fortes”, por favor. Vamos ser apenas “mulheres”, declarou Emilia para a uma plateia cheia de repórteres.

Emilia Clarke durante a entrevista focada na situação das mulheres na indústria cinematográfica. (Foto: Getty Images)

Na sequência, Clarke ainda deu dicas aos jornalistas de como podem questionar as atrizes sobre os papeis que desempenham. “Perguntem ‘como é a sensação de interpretar uma ‘protagonista feminina’ em um em um filme de grande bilheteria?’ ou, ‘como é a sensação de interpretar alguém poderoso’? Quer dizer, a lista é enorme. Eu fico muito frustrada com isso, em particular, porque você não vê as pessoas usando a expressão ‘homens fortes’, a menos que você esteja falando de um homem fisicamente forte. Temos que mudar isso.”

O repórter, por sua vez, comentou que os colegas de imprensa presentes poderiam começar a colocar em prática, o treinamento dado ali por Emilia e a atriz arrematou: “Ou então, começamos a perguntar para os atores como foi interpretar um homem forte“. Assista: