Premiações

Os 10 momentos mais legais do Oscar 2015

Diogo Alcantara - Publicado em 23/02/2015 às 3:00

Acabou agora a pouco em Los Angeles, nos EUA, a premiação mais importante do cinema mundial, o 87ª Oscar. Nesta edição meio morna (confessamos, né?), o filme “Birdman foi o grande vencedor desbancando o trabalhoso “Boyhood”.
O muso Neil Patrick Harris foi o responsável por conduzir que a premiação. #SaudadesEllen
Como sabemos que amanhã é dia de pegar no batente e muita gente correu pra cama antes do fim, resolvemos fazer a nossa famosa lista com tudo de importante que rolou… então vai descendo a setinha e vem com a gente!

1- Neil Patrick é carismático, fofo e já deixamos claro que somos #TeamEllen pra conduzir a premiação. Mas o estreante deixou sua marca ao fazer um número musical IN-CRI-VEL homenageando o cinema e teve ainda a participação de Anna Kendrick e Jack Black.

2- Lady Gaga causa? SIM! Desde que foi anunciada como uma das atrações já se esperava algo da cantora que sempre chega com uma supresa ao red carpet. Desta vez, o look até OK para os padrões de Gaga se não fosse por um detalhe: as luvas vermelhas. O resultado de mais essa ousadia foram os milhões de memes criados que fizeram a noite mais divertida na internet.

Morto com os memes da Gaga Faxineira por causa da luva kkkkkkkkk

Uma foto publicada por Hugo Gloss (@hugogloss) em

3- Depois do show na abertura, Neil Patrick poderia pegar sua mala e partir. Calma, a gente ama ele e só tá brincando . O fato é que o ator ficou no palco de cueca e colocou realmente a mala pra jogo na hora de apresentar a linda Margot Robbie e Miles Teller. A “brincadeira” foi uma referência ao filme “Birdman”.

87th Annual Academy Awards - Show

4- Adam é muso e já fizemos (aqui) um post com sua apresentação no prêmio, o fato é que antes de subir ao palco o ator estava ensaiando a música “Lost Stars” enquanto fazia xixi. #PrecisaDeAjuda?

Adam Levine ensaiando Lost Stars enquanto faz xixi! Ahahhaah #oscars #oscars2015

Um vídeo publicado por Hugo Gloss (@hugogloss) em

5- Rita Ora subiu ao palco pra cantar “Grateful”, música tema de “Além das Luzes”. A gente amou porque ela estava linda e mandou muito bem no ao vivo.

6- A tradicional homenagem aos profissionais indústria cinematográfica contou com o talento e vozerão de Jennifer Hudson que cantou “I Can’t Let Go” e emocionou muita gente.

7- Um dos momentos mais emocionantes: Common e John Legend homenageiam Martin Luther King ao cantar “Glory”. Não precisamos falar muito é só apertar o play e se emocionar.

8- Chris Pine foi às lagrimas após a apresentação de Common e John Legend e deixou a gente morrendo de dó. Chris, podemos consola-lo a noite inteira sem nenhum problema, né?
Chris-Pine

9- Amores, se Gaga virou meme no red carpet, no prêmio ela fez questão de mostrar que é diva sim e canta REAL. A Mother Monster fez uma homenagem aos 50 anos do filme “A Noviça Rebelde” e cantou LINDAMENTE a clássica “The Sound Of Music”. Foi um show!

10- O Oscar de LEGO com certeza será o item mais procurado das lojas. Nós já queremos!

Channing vamos brincar de Lego! #oscars2015 #oscars

Uma foto publicada por Hugo Gloss (@hugogloss) em

E os Vencedores? Cata a lista:

Melhor ator coadjuvante
J.K. Simmons (“Whiplash – Em Busca da Perfeição”)

Melhor figurino
“O Grande Hotel Budapeste” – Milena Canonero

Melhor cabelo e maquiagem
“O Grande Hotel Budapeste” – Frances Hannon, Mark Coulier

Melhor filme estrangeiro
“Ida” (Polônia)

Melhor curta de ficção
“The Phone Call” – Mat Kirkby e James Lucas

Melhor documentário curta-metragem
“Crisis Hotline: Veterans Press 1” – Ellen Goosenberg Kent e Dana Perry – VENCEDOR

Melhor mixagem de som
“Whiplash: Em Busca da Perfeição”

Melhor edição de som
“Sniper Americano” – Alan Robert Murray, Bub Asman

Melhor atriz coadjuvante
Patricia Arquette, “Boyhood – Da Infância à Juventude”

Melhores efeitos visuais
“Interestelar”

Melhor curta de animação
“O Banquete” – Patrick Osborne e Kristina Reed

Melhor longa de animação
“Operação Big Hero” – Don Hall, Chris Williams e Roy Conli

Melhor desenho de produção
“O Grande Hotel Budapeste” – Adam Stockhausen e Anna Pinnock

Melhor montagem
Whiplash!

Melhor fotografia
Emmanuel Lubezki – “Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)”

Melhor documentário
“Citizenfour”

Melhor trilha sonora original
“O Grande Hotel Budapeste” – Alexandre Desplat

Melhor roteiro original
Alejandro González Inarritu, Nicolas Giacobone, Alexander Dinelaris, Armando Bo, “Birdman

Melhor edição
“Whiplash – Em Busca da Perfeição” – Tom Cross

Melhor canção original
“Glory”, by John Stephens e Lonnie Lynn (“Selma”)

Melhor roteiro adaptado
Graham Moore, “O Jogo da Imitação”

Melhor direção
Alejandro G. Iñárritu – “Birdman”

Melhor ator
Eddie Redmayne (“A Teoria de Tudo”)

Melhor atriz
Julianne Moore (“Para Sempre Alice”)

Melhor filme
“Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)”