TV / Séries

“The Walking Dead”: Ator comenta decisão de Rick no último episódio e fala sobre 9ª temporada

por Raphael Amador
há 8 dias

[Alerta: Este post contém spoilers da 8ª temporada de “The Walking Dead]

A oitava temporada de “The Walking Dead” chegou ao fim neste domingo (15) com o encerramento da fase “All Out War”, com Rick finalmente derrotando Negan (Jeffrey Dean Morgan) e os Salvadores. O season finale ainda deu a entender que teremos um embate entre Maggie (Lauren Cohan) e o pai de Carl (Chandler Riggs), já que ele optou por não matar o vilão, que foi o responsável pela morte do marido dela, Glenn (Steven Yeun).

Em entrevista à Entertainment Weekly, Andrew Lincoln falou sobre as escolhas de seu personagem e como isso afetaria o futuro da série. “Aparentemente, ele se tornou um mentiroso nesta temporada! Ele não é fiel à sua palavra“, disse ele, lembrando que Rick havia declarado várias vezes que mataria Negan. “É uma coisa engraçada porque pensei nas consequências. Você tem a reação de Maggie, que é extraordinária e incrivelmente poderosa. Não foi como um discurso de vitória. É um homem olhando para um exército de pessoas parecendo muito perplexas, chocadas e traumatizadas, olhando para o líder dizendo ‘Nós não vamos matá-lo’, apesar dele ter prometido isso a eles. Eu gostei porque estava muito confuso, mas foi o que Rick teve que fazer para se salvar, e isso aborreceu muitas pessoas no processo“.

(Foto: Gene Page/AMC)

Questionado se isso nos daria um Rick diferente na nona temporada, ele afirmou: “Eu acho que sim. Eu acho que sempre haverá uma sensação de que ele perdeu todas as partes mais importantes de si mesmo, e ainda assim ele tem o legado e o presente que Carl deu a ele que vai alimentar suas ambições para o futuro. Ele tem um propósito renovado por causa disso e por causa de seu filho. Então é absolutamente um novo homem. Este é o homem que não podia ver o que Deanna [Tovah Feldshuh] via sobre o futuro e ainda não conseguia ver por um longo, longo tempo, mesmo durante essa batalha que ele estava empenhado conseguir vingança. E agora você encontrará um homem – dependendo de quanto tempo se passar após os eventos que acabamos de testemunhar – que mudou radicalmente em ideias e propósitos“.

Saudades, Carl! (Foto: Gene Page/AMC)

O ator ainda se mostrou animado com a nova showrunner Angela Kang, que assumirá o posto no lugar de Scott Gimple. “Há um vigor e energia renovados em tudo – apenas pelo fato de ser alguém diferente no comando. É claro que Scott ainda está aqui, mas ele é um chefe muito respeitoso. Ele acredita em criatividade e permite que as pessoas criem, então ele tem apoiado Angela e deixado ela fazer isso, o que é emocionante. Angela sempre foi uma escritora que eu realmente admiro. Eu sempre amei seus episódios, desde a segunda temporada. Com ela liderando o ‘navio’, há um verdadeiro senso de propósito, energia, vitalidade e nova direção. Mal posso esperar para ver este próximo episódio. É realmente interessante. É muito diferente, num bom caminho. De uma maneira emocionante. É mais uma reminiscência do primeiro episódio do que qualquer outra temporada que embarcamos, o que me deixa muito feliz. É um bom momento para isso. Eu me sinto como na primeira temporada. Será um grande ano e estou animado para isso“, concluiu Andrew.

E aí, o que acharam do season finale? “The Walking Dead” tem retorno previsto para outubro deste ano.