Aluna deixa atividade em branco, e recado emociona a professora e viraliza nas redes: “Chorei bastante e faltou chão”

História emocionante! Nesta semana, a professora Rosiani Machado, de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, comoveu as redes sociais ao compartilhar um recado que recebeu de uma aluna que deixou a lição de casa em branco. A menina explicou que não conseguiu completar uma espécie de Jogo da Velha porque ninguém quis fazer com ela.

Uma foto da atividade foi publicada pela professora na terça-feira (18) no Facebook e já junta mais de 8 mil reações e 12 mil compartilhamentos. “Desculpa, prof, não ter feito essa lição. Ninguém quis fazer comigo”, escreveu a garotinha, que está tendo aulas à distância devido à pandemia do novo coronavírus.

Rosiani aproveitou para escrever um recado lindo para a aluna ao devolver a atividade. “Meu amor, vou fazer com você quando retornarmos! Prometo!”, garantiu a professora. “Se cuide, minha flor. Saudades de você. Beijo”, completou. No Facebook, ela ainda relatou como se sentiu ao receber a mensagem.

Continua depois da Publicidade

“E como não se emocionar? E como não se sentir impotente diante desta situação ao receber este recadinho? É isto que estamos vivendo? É esta a nova realidade? O novo ‘normal’!”, questionou-se a docente. Confira:

E como não se emocionar?E como não se sentir impotente diante desta situação ao receber este recadinho?É isto que estamos vivendo é esta a nova realidade? o novo "normal"!😥😥🙏🙏

Publicado por Rosiani Machado em Terça-feira, 18 de agosto de 2020

De acordo com o ‘UOL’, a menininha está no 5º ano de uma escola pública municipal de São José dos Pinhais. Na cidade, os exercícios pedagógicos estão acontecendo de maneira remota e os alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental recebem atividades para fazer em casa a cada 15 dias.

Nesses casos, os responsáveis dos alunos buscam as lições nos colégios e devolvem para serem corrigidas pelos professores. Ainda não há previsão de retorno às aulas para os 24 mil alunos que estão nesta situação, segundo informações da publicação. O município registra 1814 casos de Covid-19.

Continua depois da Publicidade

“O retorno depende das diretrizes sanitárias governamentais. Por enquanto não há previsão, considerando que em todo o Paraná ainda há uma taxa de contágio”, explicou a Prefeitura de São José dos Pinhais ao ‘UOL’. O site também conversou com a professora, que deu mais detalhes sobre o caso.

Rosiani se comoveu ao ler a mensagem da garotinha (Foto: Arquivo Pessoal)

Rosiani revelou que nunca tinha recebido uma mensagem parecida de outro aluno e ficou bem abalada quando leu. “Chorei bastante e faltou chão”, confessou. De acordo com ela, sua intenção ao publicar aquilo nas redes não era repercutir e, sim, desabafar sobre como a pandemia afetou as atividades escolares para as crianças.

“Publiquei isso e não imaginava toda essa repercussão. Foi mais um desabafo. Não quis culpar ninguém. Eu desabafei por toda essa situação que estamos vivendo na pandemia, a forma como está afetando todo mundo”, relatou a educadora, que acredita que a menina tenha se sentido à vontade para escrever a mensagem porque esse é o segundo ano consecutivo em que dá aula para a turma dela.

Continua depois da Publicidade

“Está sendo um desafio enorme para gente. Quando nos deparamos com uma situação dessa, a gente fica muito mexida e aflora os sentimentos. Nunca me deparei com isso e veio aquele impacto quando vi. Chorei bastante e faltou chão, pois queremos fazer algo pelas crianças e ao mesmo tempo estamos impotentes”, lamentou.

Por enquanto as salas de aula continuam vazias por conta da pandemia… (Foto: Feliphe Schiarolli/Unsplash)

Nos comentários da publicação, muitas pessoas se sensibilizaram com a história. “Coração aperta quando eu vejo isso. Me dá uma tristeza”, escreveu uma amiga da professora no Facebook. “Tem como não chamar… que difícil tudo isso! Você é uma professora que faz a diferença na vida dos seus alunos. Linda resposta. Que sorte tem essas crianças”, declarou outro colega. “Infelizmente essa é a realidade de algumas crianças. Que amor ela se justificando, dá pra ver que é verdadeiro”, comoveu-se outra mulher.