Chip no dente

Casal faz quebradeira em clínica odontológica de BH e acusa local de implantar chip espião em boca; assista

Imagens das câmeras de segurança flagraram o casal destruindo a recepção da clínica, que calcula prejuízo de R$ 6 mil

Vixe! Nesta quarta-feira (8), um casal de Belo Horizonte (MG) fez uma baita quebradeira na recepção de uma clínica odontológica, após a mulher afirmar que um chip de espionagem foi implantado nela. Segundo o g1, esta não é a primeira vez que o casal entra em atrito com os profissionais e, desta vez, pode responder por lesão corporal, ameaça e dano ao patrimônio. Em entrevista, Kênia Aparecida de Sá, de 27 anos, explicou sua revolta.

“Em 2019, comecei um tratamento na clínica através de um convênio. Fiz a extração de dois sisos e, sem a minha autorização, eles implantaram um chip na minha boca e escutam as minhas conversas. Eu não vi quando colocaram esse chip já que estava sedada. Mas o meu marido viu que tem, e o dentista não quer tirar”, afirmou a jovem.

Continua depois da Publicidade

Kênia continuou, explicando que desde o implante “todos os assuntos que são falados dentro de casa, são descobertos pelos vizinhos“. Ela e o marido, então, foram na clínica tentar conversar com o responsável: “As funcionárias falaram que estava no horário do almoço e mandaram que a gente falasse baixo, que calasse a boca. Nesse momento, meu marido não aguentou. Em nenhum momento, houve ameaça ou agressão, teve dano material, mas isso não é nada perto do transtorno que a gente tem desde 2019. Estamos sofrendo muito com esse chip”.

“Algo escuta dentro do meu lar, dentro do meu banheiro. Estou com a minha internet 4G desligada. Celular no modo avião. O meu aparelho de TV desligado. Como está saindo a gravação? Como que meu vizinho está me ouvindo? Como está reproduzindo áudio? É porque está dentro de mim [o chip], questionou a dona de casa à Record TV Minas.

Kênia explicou que a desconfiança partiu de colegas da empresa onde ela trabalhava: “Me perguntaram qual procedimento eu havia feito. Me falaram que tinham colocado um chip em mim, mas não acreditei. Com o tempo, só foi havendo piora e eu procurei outras clínicas para fazer remoção. Colocaram esse corpo estranho em mim, que só a perícia civil vai explicar o que é”.

A gerente do local, que preferiu não se identificar, revelou que a jovem e o marido já criaram problemas na clínica antes. Kênia teria feito um tratamento em 2019, ao extrair dois dentes e colocar uma peça de metal. “Depois de muito tempo, ela voltou na clínica. Desde a primeira vez que compareceu com o esposo e os filhos, eles começaram a criar atritos. Eles sempre se exaltavam. Chegaram dizendo que tinha ‘um corpo estranho no dente dela’. Verificamos na radiografia, não tinha nada. Ela fez um procedimento protético e não tinha nada de errado com o dente”, disse.

Recepção foi destruída pelo casal. (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)
Recepção foi destruída pelo casal. (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Mesmo após o raio-x, Kênia assinou um termo para retirar o dente. No entanto, segundo a funcionária, a jovem não seguiu as orientações pós-cirúrgicas e retornou ao local para reclamar. “Eles relataram que o dentista tinha colocado um microchip dentro da boca dela, que era possível ouvir todas as conversas do WhatsApp. No primeiro boletim de ocorrência, creio eu, consta o relato do esposo. Nada que dizíamos funcionava”, contou.

Com isso, ainda em janeiro, os responsáveis pela clínica também registraram um boletim contra o casal: “Registramos o boletim no dia 25 de janeiro. Pedimos que procurassem outro lugar, já que houve uma quebra de confiança entre paciente e profissional. Depois disso passamos a receber ligações ameaçadoras. Depois de um tempo, eles pararam e voltaram nessa quarta quebrando tudo”.

Continua depois da Publicidade

O marido da jovem, Lucas Rocha, concorda com a versão do chip, mas se diz arrependido pela “quebradeira” captada pelas câmeras de segurança.“Eu pesquisei sobre o chip. Ele tem a essência de mostrar e observar a escuta dentro do lar. Foi implantado na boca dela. Tudo que está acontecendo dentro da minha casa está sendo gravado”, garantiu.

O vídeo mostra Lucas quebrando os computadores. De acordo com os relatos, ele ainda teria batido no braço de uma funcionária. A mulher, com um bebê no colo, arremessou objetos contra as atendentes, chutou o móvel da recepção e quebrou a tampa de vidro sobre o balcão. Antes de ir embora com os três filhos, o homem ainda destruiu o aparelho de TV pendurado na parede. A clínica calcula um prejuízo inicial de R$ 6 mil.

Marido quebra recepção de clínica em BH após companheira reclamar de dor de dente. (Foto: Reprodução)
Homem quebra recepção de clínica em BH após esposa reclamar de chip no dente. (Foto: Reprodução)

“A gente age conforme as emoções, só precisamos tirar o chip dela. Já pedimos várias vezes e o dentista não tira. Tentamos conversar e não quiseram nos ouvir. Todas as vezes que fui lá, eu estava com meus filhos. Jamais faria qualquer tipo de tumulto perto deles. Só precisamos resolver o problema da minha mulher”, afirmou.

Continua depois da Publicidade

Agora, a Polícia Civil informou que um inquérito foi instaurado para apurar o caso. “A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) instaurou inquérito para apurar os fatos registrados ontem (8), em uma clínica odontológica, no bairro de Lourdes. A investigação ficará a cargo da 2ª Delegacia de Polícia Civil/Centro e mais informações serão repassadas em momento oportuno”, diz a nota enviada ao g1.

Assista às imagens: