Dj Ivis Prisao

DJ Ivis fica calado em interrogatório da polícia; defesa se manifesta e afirma que pedirá pela liberdade do músico — saiba detalhes

Após ser preso preventivamente nesta quarta-feira (14), DJ Ivis foi interrogado pela Polícia Civil do Ceará. No entanto, o músico se manteve calado sobre as agressões à ex-mulher, Pamella Holanda, que vieram à tona no final de semana. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social fez uma coletiva de imprensa nesta quinta (15) com os últimos detalhes do caso, e a defesa do artista também se pronunciou.

“Ele foi preso ontem. No interrogatório não quis falar. É um direito constitucional concedido que lhe assiste. Nós expedimos a guia de corpo delito e ele foi encaminhado para Delegacia de Capturas”, disse Tarso Facó, delegado do distrito que investiga as ocorrências.

Dj Ivis Prisao2
DJ Ivis teve sua prisão preventiva decretada nesta quarta (14), mas não se pronunciou no interrogatório. (Foto: Reprodução/Record TV)

A polícia já estava monitorando Ivis desde o dia 2 de julho, de acordo com o jornal Extra – um dia após Pamella comparecer à polícia e denunciar o caso. A intenção era impedir que o forrozeiro fugisse. “Estávamos fazendo acompanhamento dele e de pessoas ligadas a ele. Assim que o mandato foi expedido, demos cumprimento a ele da melhor forma, com o menor risco possível para ele próprio e pessoas que poderiam estar no lugar. Graças a Deus, tivemos êxito”, relatou o delegado.

Continua depois da Publicidade

A polícia também ressaltou que o caso terá dois inquéritos – um com algumas imagens divulgadas por Pamella, que são de dezembro de 2020; outro sobre as denúncias feitas em 1º de julho de 2021, que foram o real motivo da prisão de Iverson. “É importante destacar que aqueles fatos da imagem não são do dia 1º de julho, são anteriores. Então, são dois inquéritos, outra responsabilização, outro indiciamento e outro pedido de prisão, eventualmente. São fatos diferentes”, explicou Sandro Caron, secretário de Segurança Pública e Defesa Social.

Dj Ivis Bate Em Esposa Vídeo
A Polícia Civil avaliará dois inquéritos referente ao caso de violência doméstica de DJ Ivis contra Pamella Holanda. (Fotos: Reprodução)

Contudo, o delegado pontuou que as imagens foram necessárias para endossar o pedido de prisão preventiva. “É muito importante julgar os vídeos, porque a hipótese das agressões do dia 1, de que seria algo esporádico, caiu por terra. As agressões já tinham registros em dezembro. E Pamella diz que as agressões começaram muito antes do vídeo, ou seja, mostra que ele poderia reiterar”, argumentou Facó.

Continua depois da Publicidade

Defesa de DJ Ivis pedirá liberdade do músico

Ainda nesta quinta (15), André Quezado, advogado de DJ Ivis, afirmou que entrará com um pedido de converter a prisão preventiva do artista por medidas cautelares. “Não há motivação para manutenção dessa prisão em relação a esses fatos”, disse a defesa do músico, segundo o G1. A intenção é que o músico fique em liberdade e cumpra suas obrigações judiciais longe da cadeia, seguindo medidas cautelares, como o uso de tornozeleira eletrônica.

Dj Ivis Perde Contratos
A defesa de DJ Ivis espera que o músico consiga cumprir medidas cautelares e que não continue na cadeia. (Foto: Reprodução)

“Vamos em busca das medidas cautelares diversas da prisão para que ele fique em liberdade, mas com determinadas obrigações caso o Judiciário venha a deferir. Ele vai ter obrigações e deveres, inclusive, um deles é o afastamento, não poder se aproximar da senhora Pamella”, afirmou o advogado, citando o afastamento da ex-mulher, já determinado pela Justiça.

Continua depois da Publicidade

O advogado discordou do fundamento principal que a Polícia Civil apontou ao pedir pela prisão preventiva de Ivis – que seria a garantia da ordem pública. “O senhor Ivis, em nenhum momento, pretende se furtar à ação penal. Sempre que for chamado, irá comparecer, não irá atrapalhar as investigações, não entrou em contato com as testemunhas que a senhora Pamella apresentou, então não há motivação para a manutenção dessa prisão”, disse ele.

Quezado também falou sobre o estado de DJ Ivis após a prisão. De acordo com ele, seu cliente está abalado emocionalmente e psicologicamente. O advogado mencionou que isso não se deve apenas à prisão, mas também por todas as perdas sofridas pelo músico nos últimos dias, no âmbito familiar e profissional. Vale lembrar que uma série de artistas tem se posicionado contra o DJ e, até mesmo, deletando músicas em parceria com ele, como fez Zé Felipe.

DJ Ivis é preso

Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, foi preso nesta quarta-feira (14), em Fortaleza (CE). A notícia foi confirmada pelo governador do estado, Camilo Santana, pelas redes sociais. “Acabo de ser informado pelo nosso secretário de Segurança da prisão do DJ Ivis, no caso das agressões a Pamella Holanda. A prisão preventiva havia sido solicitada ontem pela nossa Polícia Civil e decretada há pouco pela Justiça. Que responda pelo crime cometido”, escreveu Santana através do Twitter.

O “Cidade Alerta”, da Record TV, acompanhou o momento em que Ivis chegou à delegacia após sua prisão. O DJ foi cercado e interrogado pela imprensa, mas permaneceu calado. Em outro vídeo, divulgado pelo Jornal O Povo, o músico é vaiado antes mesmo de entrar no prédio, por pessoas que estavam presentes no local. O caso é investigado como lesão corporal no contexto de violência doméstica, e é acompanhado pelo Departamento de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV) da Polícia Civil. Confira:

O nome de DJ Ivis ficou entre os assuntos mais comentados da internet no domingo (11), após virem à tona vídeos dele agredindo violentamente sua esposa, Pamella Gomes de Holanda, na frente da filha deles, Mel, de apenas nove meses. Segundo o jornalista Leo Dias, do jornal Metrópoles, as agressões aconteceram no dia 1º de julho. No dia seguinte, ele teria repetido o ataque, após ameaçá-la com uma faca e, durante o embate físico, ter quebrado o telefone da mulher.

Continua depois da Publicidade

Ainda segundo os relatos divulgados por Dias, Pamella só conseguiu chamar a polícia com a ajuda do chefe de segurança do condomínio em que ela e o DJ moram, na Grande Fortaleza. Os dois foram encaminhados à delegacia metropolitana de Eusébio, no Ceará. Enquanto Ivis recebeu apoio de sua equipe de advogados, Pamella permaneceu no local sozinha. Com medo de alguma retaliação, ela foi embora sem fazer o exame de corpo de delito e terminar seu depoimento.

[Atenção! Imagens fortes!]

As informações ainda constam que os oficiais foram atrás de Holanda, e ela confessou estar com medo de ser agredida mais uma vez, solicitou que eles apenas retirassem Ivis de casa e o impedissem de chegar perto dela – pedido que foi atendido pela equipe policial. No dia seguinte, Pamella entrou em contato com a polícia — agora com o apoio necessário numa situação delicada como essa —, pois desejava fazer os trâmites que pudessem dar prisão ao marido. Mas, apesar da realização dos procedimentos, a denúncia contra DJ Ivis já não se configurava como flagrante.

Após o episódio no dia 4 de julho, a Justiça do Ceará emitiu uma medida protetiva em caráter de urgência à favor de Pamella e de sua filha, Mel, de apenas nove meses. Instruído por seus advogados, Ivis retirou todos os seus pertences de casa, inclusive todo o dinheiro guardado, deixando a mulher sem recursos financeiros – apenas com R$ 8 na conta e sem telefone celular. As informações divulgadas pelo jornal Metrópoles foram confirmadas por Pamella Holanda e pessoas próximas à família, que revelaram, ainda, que esse não foi o primeiro ataque à jovem.

[Atenção! Imagens fortes!]