Fotojet (20)

Empresário cai em golpe e perde R$ 18 mil em aplicativo de relacionamento: “Me sinto um idiota completo”

Em entrevista ao “Brasil Urgente”, a vítima falou como foi conquistada pelo perfil falso e fez um alerta sobre o ocorrido

O mundo não está sendo fácil para os últimos românticos… Um empresário português, que está vivendo no Brasil há poucos meses, caiu em um golpe num aplicativo de relacionamentos e chegou a perder quase R$ 18 mil em transferências bancárias. De acordo com o “Brasil Urgente” nesta terça-feira (29), uma quadrilha especializada nesse tipo de crime está por trás do caso.

Em entrevista ao programa, o homem, que preferiu manter sua identidade preservada, revelou que tinha dado o famoso “match” com a mulher, que dizia ser norte-americana e jornalista do exército de seu país. “Ela, como era bonita, foi continuando a conversa durante cerca de duas semanas só no aplicativo”, contou a vítima, acrescentando que chegou a ver diversas fotos enviadas pela mulher em diferentes situações.

O homem criou confiança e, apesar de grande parte das conversas ter sido em inglês, a mulher logo afirmou que tinha dificuldades para falar em português, mas conseguia escrever. Nas tentativas de chamada de vídeo, ela sempre dizia que “a internet era fraca” nos locais em que estava. Já envolvida, a vítima acabou levando adiante a história e começou a sofrer os danos financeiros quando a mulher disse que conseguiria uma licença e viajaria para o Brasil.

Continua depois da Publicidade

Primeiro ela disse que enviaria sua bagagem, mas que necessitaria de R$ 2,4 mil para pagar uma taxa. Depois, o português precisou desembolsar mais R$ 15 mil porque, segundo ela, dentro da bagagem havia um cofre com US$ 74 mil (R$ 353 mil). “[Ela disse] que era crime mandar dinheiro assim para o Brasil”, contou o português, que ainda recebeu fotos da suposta mala, enquanto a mulher dava continuidade para a história, pedindo a ele para alugar um apartamento em que os dois pudessem ficar juntos.

Depois que as transferências foram efetivadas para as contas que o empresário não sabe dizer de quem são, a mulher “sumiu do mapa”. “[Os bandidos] mandaram documentos credíveis, têm conversas credíveis, são tão espertos. Eu tenho vergonha de mim, do golpe que eu caí, porque eu não poderia ter caído nesse golpe. Me sinto um idiota completo”, desabafou o empresário.