Festa de aniversário com teste de Covid-19 para convidados repercute na web e gera revolta: “Falta de vergonha na cara”; saiba os detalhes!

Na noite desta sexta-feira (20), uma mulher de Brasília viralizou nas redes sociais após promover uma festa para comemorar seu aniversário com a realização de testes rápidos de Covid-19 na porta para todos os convidados. No mesmo dia, o Brasil ultrapassou um milhão de casos confirmados de coronavírus e mais de 49 mil mortes pela doença.

O caso ganhou notoriedade através de blogueira Bela Lorena, que compartilhou, em seu Instagram Stories, um vídeo da festa realizada pela amiga, Fabianne Fonseca. Na gravação, duas enfermeiras aparecem sentadas com os testes em uma mesa.

“Tô aqui na festa da Fabi e olha o que temos: só entra com teste negativo de Covid”, falou Bela, mostrando a cena. Na sequência, ela exibiu o resultado de seu próprio teste. “Negativo! Uhul! Podemos curtir com segurança”, comemorou.

Continua depois da Publicidade

Nas redes sociais, não demorou muito para o caso viralizar, recebendo várias reações negativas. Entre as críticas, muitas pessoas alegaram o mau exemplo de promover aglomeração neste momento, e também comentaram sobre as “vantagens” que pessoas ricas teriam, enquanto alguns hospitais públicos sofrem com a falta de testes.

Além disso, internautas apontaram a polêmica em relação aos “testes rápidos”, o exame com metodologia imunocromatografia, que é a geração de cor a partir de uma reação química entre o antígeno (substância estranha ao organismo) e o anticorpo (elemento de defesa). Alguns especialistas alegam que a capacidade do teste de identificar casos negativos ou positivos não é boa e pode falhar.

“O ser humano brasileiro é um negócio que definitivamente não deu certo”, lamentou Bic Müller. “Sem acreditar na blogueira que deu uma festa e pra entrar tinha que fazer teste de covid na porta”, declarou o tuiteiro Luscas. “Gente será que a blogueira que fez uma festa onde na porta da festa estavam fazendo teste do covid sabe que tem uma janela imunológica para se detectar os anticorpos no teste rápido? Podem ter vários falsos-negativos contaminando todo mundo”, apontou Its Pedrito.

Continua depois da Publicidade

“Fizeram uma festa de aniversário e uma blogueira postou que na porta da festa estão fazendo teste. Só entra quem não tem covid.
Pois é, e mais uma vez as pessoas ricas com ‘vantagens’ e dando péssimo exemplo por terem poder. Agora vai o pobre fazer teste em hospital? Não tem!”, lamentou uma usuária do Twitter. “COVID FEST! Comemorando 1 milhão de casos no Brasil, a blogueira Fabi Raissa decidiu realizar uma festinha e colocou a testagem na entrada. (Lembrando que esse teste não é 100% confiável), achando pouco, algumas convidadas ainda debocharam da situação: ‘Vamos curtir com segurança'”, indignou-se outra.

Continua depois da Publicidade

Bruna Marquezine também criticou a situação. “E o teste de bom senso? E o de falta de vergonha na cara? O de ignorância? O de irresponsabilidade? O de falta de senso coletivo? Faz onde? 1 MILHÃO DE CASOS NO PAÍS, cacete”, revoltou-se. “Enquanto algumas pessoas não abrem mão do luxo de fazer festas num momento desses, tem outras morrendo de COVID sem nem ter a chance de ter acesso ou fazer qualquer tipo de teste”, completou.

Continua depois da Publicidade

Após as críticas, Fabianne desativou suas redes sociais e Bela Lorena apagou todos os Stories, além de fechar os comentários de suas publicações.

Continua depois da Publicidade

Ainda ontem (19), outra blogueira de Brasília, Flay Leite, chamou atenção após realizar uma festa em sua casa para 15 amigas. Ao UOL, ela alegou que todos foram testados, incluindo seus funcionários.

“Seguimos todo o protocolo de testagem antes do encontro. Sou jornalista e também me preocupo muito com o momento difícil que estamos vivendo, jamais colocaria a vida das minhas amigas que amo ou dos meus funcionários em risco”, afirmou.