Padre atropelamento

Padre atropela suspeito de furtar igreja e foge sem prestar socorro no interior de SP; assista

Suspeito foi preso em flagrante, mas segue internado em estado grave; padre não foi encontrado para prestar esclarecimento

Um padre está sendo investigado por atropelar um homem, suspeito de furtar uma igreja católica. O caso ocorreu sábado (7), na cidade de Santa Cruz do Rio Pardo, em São Paulo, e foi filmado por uma câmera de segurança instalada próxima ao local. De acordo com o G1, a polícia confirmou que o veículo pertence à paróquia e que o padre fugiu do local sem prestar socorro.

As imagens obtidas pela publicação mostram o momento em que o carro atinge o homem. O impacto é tão forte, que ele é arremessado para dentro de um imóvel, e a frente do veículo fica toda danificada. Após o atropelamento, o motorista manobra o carro e vai embora. Assista:

Nas investigações, as autoridades descobriram que o suspeito de furto entrou na igreja pela janela e saiu levando três moletons e uma camiseta. Quando foi abordado, ele ainda estava com as peças de roupa e teve sua prisão em flagrante decretada. No entanto, por causa da gravidade dos ferimentos, ele precisou ser internado na Santa Casa do município.

O padre, que pode responder por tentativa de homicídio e omissão de socorro, ainda não se posicionou. A diocese de Ourinhos, responsável pela paróquia de Santa Cruz do Rio Pardo, também se manteve em silêncio.

Continua depois da Publicidade

Com a repercussão negativa do caso, o padre Júlio Lancellotti, conhecido por ajudar moradores de rua, publicou em suas redes sociais, o vídeo que mostra a cena do atropelamento e criticou a ação do motorista. “Carro da paróquia de Santa Cruz do Rio Pardo atropela intencionalmente jovem dependente químico que assaltou a igreja. Um crime não justifica o outro”, disse o responsável pela paróquia de São Miguel Arcanjo.