Fotojet (4)

Revoltado com soltura de ex-cunhado, irmão de apresentadora da Record publica vídeo forte da vítima machucada após agressões; saiba detalhes

[Alerta Gatilho: Violência doméstica] Na tarde desta terça-feira (22), Ricardo Hilgenstieler, o suspeito de agredir a apresentadora Silvye Alves, da Record TV, foi solto pela polícia. O empresário pagou uma fiança de R$ 11 mil e foi liberado após uma audiência de custódia. Revoltado com o desdobramento do caso, Michel Alves, irmão da vítima, publicou um vídeo chocante de Silvye logo depois das agressões.

De acordo com o UOL, o juiz Vanderlei Caíres Pinheiro, do Juizado de Violência contra a Mulher, foi quem decidiu o valor da fiança para que Ricardo ganhasse a liberdade. O empresário é ex-namorado da apresentadora do “Cidade Alerta Goiás”. Darlene Liberato, advogada de Silvye, explicou que a prisão preventiva do suspeito foi solicitada pelo Ministério Público, já que o inquérito também foi encaminhado ao judiciário.

Silvye Alves1
A jornalista Silvye Alves levou socos e chutes de seu ex-companheiro, que invadiu seu apartamento. (Foto: Reprodução/Instagram)

Com a decisão, Hilgenstieler não poderá deixar o país, mas está autorizado a voltar para Santa Catarina, onde mora. Sem antecedentes criminais, ele deve responder pelo crime de lesão corporal grave. Enquanto isso, a defesa de Silvye afirma que ela está abalada e com sentimento de impunidade. Como o filho da apresentadora, de apenas 11 anos, presenciou as agressões, o caso segue em segredo de justiça.

Continua depois da Publicidade

Procurada pelo UOL, a defesa de Ricardo Hilgenstieler não retornou o contato. A Record Goiás, por sua vez, se manifestou à reportagem com uma nota, destacando que casos assim são inadmissíveis e acrescentou: “Infelizmente Silvye Alves, que tantas vezes noticiou casos de violência doméstica, foi vítima de agressão”.

Silvye Alves5
Na Record TV, Silvye Alves comanda o “Cidade Alerta Goiás”. (Foto: Reprodução/Record TV)

Irmão da apresentadora posta vídeo e faz apelo

Com o alvará de soltura expedido em menos de 24 horas da ocorrência, Michel, irmão de Silvye, decidiu fazer um apelo às autoridades. Ele compartilhou no Instagram um vídeo no qual a jornalista expõe os machucados no rosto, ainda com muito sangue, momentos após ser agredida. A apresentadora aparece com um corte profundo acima do lábio superior e com a boca bem inchada.

Continua depois da Publicidade

“Rasgou de um lado pro outro… Eu não sei nem o que fazer”, diz ela na gravação, aos prantos. Entretanto, momentos depois da publicação, o vídeo foi retirado do ar pelo Instagram. De acordo com a jornalista Fábia Oliveira – que teve acesso às imagens – o conteúdo foi considerado “impróprio” pela rede social. Por conta dos ferimentos, a apresentadora precisou passar por procedimentos na boca. Confira o registro de Silvye abaixo:

[Atenção: Imagens fortes!]

Entenda o caso

Na madrugada desta segunda-feira (21), Silvye Alves, âncora do “Cidade Alerta Goiás”, da Record TV, foi cruelmente agredida por seu ex-namorado, o empresário Ricardo Hilgenstieler. Em uma publicação em suas redes sociais, a jornalista confirmou o ataque e revelou, ainda, que seu filho, Themistoklis Angelidis, de apenas 11 anos, presenciou o abuso. Que tristeza…

Continua depois da Publicidade

Tudo aconteceu quando, durante a noite, Hilgenstieler invadiu o apartamento de Silvye. Ele então partiu para cima da apresentadora e a acertou com socos, tapas e chutes, enquanto o filho dela assistia ao embate físico. A jornalista ficou com ferimentos graves na boca, e lesões pelo corpo. Na sequência, Ricardo fugiu do local, mas foi detido pela polícia no Aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia, ao tentar embarcar em um voo. Ele foi preso e encaminhado à DEAM (1ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) por policiais militares.

A jornalista e apresentadora Silvye Alves ficou muito conhecida no Brasil por suas interações com o saudoso Marcelo Rezende, na Record TV. (Foto: Reprodução / Record TV)

Silvye, por sua vez, se dirigiu à delegacia após o ataque para registrar queixa contra o antigo parceiro. Após prestar depoimento, a apresentadora foi encaminhada ao IML (Instituto Médico Legal) de Goiânia, onde realizou o exame de corpo de delito. Nas redes sociais, Alves confirmou as agressões e pediu aos fãs e seguidores que orassem por ela.

Continua depois da Publicidade

“Não está sendo fácil… A dor física só não é pior que a dor na alma… A maior tristeza de tudo isso foi ver meu filho sofrer. Prometi nunca fazê-lo sofrer e hoje aconteceu o pior”, lamentou a jornalista, em um desabafo publicado no início desta manhã (21). “Peço orações a vocês. Cessem o ódio, por favor, isso não leva a lugar nenhum”, acrescentou. “Assim que conseguir, vou conversar com vocês. Se puder, nos coloque em suas orações”, concluiu ela. Confira:

Fica aqui o nosso apoio e solidariedade à Silvye e a todas as mulheres que já passaram por algum tipo de agressão. Que a justiça seja feita.