Bruxão “parrudo”? Henry Cavill é comparado a Marcos Pasquim após estreia de “The Witcher”: “Gringos copiando”; veja as melhores reações!

Seria mais um caso de “copia mas não faz igual”? Na última sexta (20), a Netflix estreou “The Witcher”, sua nova aposta para os amantes de histórias épicas. Contudo, o público brasileiro enxergou o que ninguém havia notado… A semelhança entre Henry Cavill e ninguém menos que Marcos Pasquim. Oi?! Kkkk

Na série, o protagonista britânico aparece algumas vezes sem camisa, exibindo seu peito musculoso e peludo. Soa familiar? Pois é, era exatamente assim que o sensual pescador Esteban – personagem de Pasquim – aparecia em “Kubanacan”, novela da TV Globo de 2003. Por isso, não demorou até que internautas fizessem o comparativo. “Gringos copiando”, disse um usuário do Twitter. Dá uma olhada:

E não foram poucas as pessoas que entenderam as “referências” no conceito de “The Witcher”, claramente inspirada na grande produção da faixa das 19 horas. Kkkk Olha só:

Para alguns, tudo indica que Geralt de Rívia, o bruxo caçador de monstros, acabou lembrando mesmo o “pescador parrudão” ao qual assistimos ainda na juventude. “Achei que era o Marcos Pasquim”, disse um perfil sobre uma foto de Cavill. Enquanto outro comentou: “Estou achando divertida a série o bruxeiro com meu amigo pessoal Marcos Pasquim”. Dá uma olhada:

Há até mesmo os que ousam dizer que o personagem deveria mesmo é ser interpretada pelo brasileiro, afinal, ele tem toda a desenvoltura pra bancar um bombadão semi-nu.

É claro que, nem sempre, todo mundo gosta do resultado final. Para alguns, a “cópia” da Netflix acabou não tendo os primores artísticos que a ousada obra de arte de Carlos Lombardi. “Cópia bem mal feita. Um morenão cheio de borogodó por um branquelo sem sal”, reclamou um usuário, complementado por outro, que afirmou, “Nunca serão”. Olha só:

Mas engana-se você, ao pensar que essa comparação é algo novo… Lá em 2018, na época que a Netflix divulgou a primeira imagem de Henry como Geralt, muitos já sentiram um “cheirinho” caribenho + brasileiro no visual do britânico. Vem ver:

É, gente… Seja uma cópia boa ou ruim, para os internautas, o bruxão bombado é mesmo um belo de um xerox do galã tupiniquim. Agora só falta um crossover para esses dois ícones, hein? Só de imaginar, o calor começa a subir! Kkkk Enquanto isso, acompanhamos “The Witcher”, já disponível na Netflix.