Chocado! Internautas revelam como “Black Mirror” previu ano de 2020 e semelhanças assustam — confira!

Se antes já pensávamos “isso é muito Black Mirror”, as semelhanças se tornaram ainda maiores em meio à pandemia do coronavírus. Recentemente, diversos internautas se surpreenderam ao perceber como um episódio de “Black Mirror” previu, lá em 2011, como estaríamos vivendo atualmente, em 2020.

No segundo episódio da primeira temporada da série, “Fifteen Million Merits” (ou “Quinze Milhões de Méritos”), somos apresentados a um mundo distópico em que as pessoas precisam pedalar em bicicletas diariamente para conquistarem “méritos”. Além disso, o fato de os personagens estarem sempre cercados de telas por toda a parte também é algo que intriga o público.

O segundo episódio da primeira temporada de “Black Mirror” surpreendeu por semelhanças com o mundo em pandemia. (Foto: Reprodução/Netflix)

Mas foi outro o detalhe que mais surpreendeu: o momento em que a personagem Abi participa do programa de talentos “One Shot”. Nesta hora, os jurados aparecem em frente a uma plateia virtual, composta apenas por avatares controlados por pessoas que não estão presentes fisicamente. Qualquer semelhança é mera coincidência com nossa nova rotina, né? Esse detalhe não escapou da percepção de muitas pessoas pelas redes sociais.

Olha só, como as semelhanças são assustadoras:

Plateia num jogo da NBA

“A plateia digital da NBA é mais como assistir a um episódio de Black Mirror”

Plateia do “America’s Got Talent”

“15 Million Merits (2011) x America’s Got Talent (2020). Black Mirror nunca erra”

E olha essa comparação:

No Brasil, também não é diferente! Praticamente todos os programas de auditório substituíram suas plateias por presenças virtuais. Agora sim, isso é muito “Black Mirror”! Confira:

Plateia do “Caldeirão do Huck”

Plateia do “Domingão do Faustão”

Plateia do “Programa da Maisa”

Plateia do “Domingo Legal”

Nem o “VMA 2020” escapou das janelinhas virtuais, na ausência de uma plateia física. Dá uma olhada:

É difícil acreditar, mas a vida realmente imitou a arte. Estamos mesmo vivendo num universo totalmente “Black Mirror”. Só os últimos meses já servem pra inspirar uma série de novas temporadas… E temos apenas uma certeza: toda vez que ligarmos a TV novamente, nos lembraremos desse mundo paralelo que se tornou realidade.