Fotojet (4)

Raptado na infância, homem reencontra mãe após desenhar de cabeça mapa de vila onde vivia; assista ao vídeo emocionante

Após diversas tentativas falhas de encontrar os pais biológicos, Li Jingwei recorreu às redes sociais e compartilhou um desenho de seu vilarejo natal, baseado apenas nas lembranças que tinha da infância.

História impressionante! Um homem chinês que foi sequestrado há mais de 30 anos conseguiu reencontrar a mãe biológica, após desenhar de cabeça um mapa da vila onde vivia antes de ser raptado. Li Jingwei tinha apenas quatro anos quando foi atraído por um vizinho para fora de sua casa e vendido para uma quadrilha de tráfico de crianças. O garoto, então, foi comprado por outra família que vivia a mais de 1.800 km de distância de sua cidade natal.

O tempo passou e após muitas tentativas falhas de localizar os verdadeiros pais, Li decidiu recorrer à internet para conseguir ajuda. No último dia 24 de dezembro, ele publicou um vídeo na rede social Douyin contando sua história e mostrando um mapa feito por ele próprio, apenas com base nas lembranças que tinha da infância. A quantidade de detalhes do desenho impressionou internautas, fazendo com que o caso viralizasse e chegasse até a polícia local.

Continua depois da Publicidade

“Sou uma criança que segue tentando encontrar sua casa. Fui levado para a província de Henan por um vizinho careca por volta de 1989, quando tinha cerca de quatro anos. Este é um mapa da minha área residencial, que desenhei de cabeça”, diz ele no vídeo, enquanto mostra a figura do vilarejo, que incluía características como um prédio que ele acreditava ser uma escola, uma floresta de bambus e um pequeno lago.

5fa8b7d0c84b42729daa9140f395933e
Na ilustração, Li sinalizou até mesmo algumas placas que lembrava de ter visto pelo local. (Foto: Reprodução/BBC)

Não demorou para que autoridades associassem a história a uma mulher residente de Yunnan, cujo filho havia desaparecido há três décadas. Ambos então realizaram testes de DNA que confirmaram o parentesco. Após determinado o resultado, mãe e filho se reencontraram no dia 1º de janeiro. O pai biológico de Jingwei, por sua vez, faleceu anos atrás.

O momento da reunião foi registrado por veículos chineses e mostra Li se jogando aos pés de sua mãe, enquanto ambos eram tomados por muita emoção. Em meio ao choro e muitos abraços, é possível ouvir a matriarca dizendo: “Eu finalmente encontrei meu bebê”.

Na redes, Li também comemorou: “Trinta e três anos de espera, incontáveis ​​noites de saudade e, finalmente, um mapa desenhado à mão de cabeça. Este agora é o momento perfeito. Obrigado a todos que me ajudaram a reunir a minha família”, declarou. Ele agora planeja passar o Ano Novo Lunar com sua mãe e visitar o túmulo de seu pai em Yunnan.

Assista ao vídeo do reencontro: