Família de Avicii anuncia planos para o funeral do DJ

A família de Avicii, que morreu de aparente suicídio em 20 de abril, aos 28 anos, divulgou um comunicado nesta terça-feira (22) sobre os planos para funeral do saudoso DJ. De acordo com a Variety, os familiares do astro sueco pretendem fazer algo privado, com a presença apenas daqueles mais próximos a Avicii.

Estamos recebendo muitas perguntas sobre o funeral de Tim Bergling, conhecido por fãs na música como Avicii“, diz o comunicado. “A família Bergling confirmou que o funeral será privado, na presença das pessoas mais próximas de Tim. Eles pedem gentilmente que a mídia respeite isso. Nenhuma informação adicional será divulgada“.

Avicii, no “American Music Awards”, de 2013, recebendo o prêmio de Melhor Artista de Música Eletrônica (Foto: Getty)

Há pouco mais de um mês, Avicii foi encontrado morto em seu quarto de hotel na cidade de Mascate, em Omã, país do Oriente Médio que faz fronteira com a Arábia Saudita. Ele se tornou dos mais populares e bem-sucedidos artistas de música eletrônica de todos os tempos, com sucessos como “Wake Me Up” e “Hey Brother”. Ele sofria de pancreatite aguda, causada em parte pelo consumo excessivo de álcool. Em 2014, O DJ cancelou vários shows para se recuperar depois de remover a vesícula biliar e apêndice.

Três dias após sua morte ser confirmada, a família divulgou um primeiro comunicado agradecendo às mensagens de apoio. “Gostaríamos de agradecer pelo apoio e mensagens de carinho sobre o nosso filho e irmão. Somos muito gratos a todos que amam a música de Tim e têm memórias preciosas de suas canções. Obrigado por todas as iniciativas tomadas para homenagear Tim, com reuniões públicas, sinos de igreja tocando sua música, homenagens no Coachella e momentos de silêncio ao redor do mundo. Somos gratos pela privacidade durante este período difícil. Nosso desejo é que continue assim. Com amor, a família de Tim Bergling“.

Alguns dias depois, a os familiares divulgaram uma segunda declaração, aparentemente dando mais informações sobre a causa da morte do DJ. “Nosso amado Tim era um buscador, uma frágil alma artística em busca de respostas para questões existenciais. Um perfeccionista super-realizador que viajou e trabalhou duro em um ritmo que o levou ao estresse extremo. Quando ele parou de fazer turnê, ele queria encontrar um equilíbrio na vida para ser feliz e ser capaz de fazer o que ele mais amava – música. Ele realmente lutou com pensamentos sobre o sentido, a vida, a felicidade. Ele não podia continuar mais. Ele queria encontrar a paz. Tim não foi feito para a máquina de negócios em que se encontrava; ele era um cara sensível que amava seus fãs, mas evitava os holofotes. Tim, você será eternamente amado e nos deixará muitas saudades. A pessoa que você era e sua música manterão sua memória viva“.

Ao longo das últimas semanas, vários artistas prestaram suas homenagens a Avicii. A mais recente foi de Alicia Keys e Britton Buchanan no “The Voice” desta segunda (21): eles fizeram uma versão emocionante de “Wake Me Up”, um dos maiores sucessos do DJ (clica aqui pra assistir).