Luisa Mell detona radialista que sugeriu envenenar cachorros de rua durante programa ao vivo: “Irresponsável e nojento”; assista

Ativista pelas causas animais, Luisa Mell se revoltou com um comentário feito por um profissional da Rádio Independente, de Lajeado, no Rio Grande do Sul. Durante um programa ao vivo, era discutida a situação dos cachorros de rua na cidade, quando o radialista sugeriu que a solução do problema seria colocar estricnina, um tipo de veneno, em pedaços de carne, e alimentar os cães com o alimento.

O vídeo caiu nas redes, e Luísa mostrou sua grande indignação com o caso. “Inacreditável! Radialista manda dar estricnina (veneno) em carne para cachorro para acabar com o problema de cachorros de rua na cidade! Eu tô horrorizada, chocada… o outro ainda dá risada! Além de irresponsável e nojento, sua atitude é criminosa! Me ajudem a identificá-lo”, pediu ela aos seguidores. Assista ao vídeo abaixo:

A situação gerou uma onda de protestos nas redes sociais e, indignados, muitos seguidores de Mell encaminharam a publicação à APAMA, uma associação de proteção dos direitos aos animais, que protocolou uma denúncia contra a rádio na promotoria de Justiça de Lajeado. Além disso, muitos cobraram a Independente por um posicionamento.

“Não é possível”, espantou-se Marina Ruy Barbosa nos comentários da publicação da ativista. “Antes as pessoas tentavam esconder suas perversidades, agora, falam na TV, nas rádios…”, lamentou Sophia Abrahão. “Criminoso! Conte comigo Luísa. Enviarei uma representação à rádio para exigir um posicionamento rigoroso e tomaremos as medidas criminais. Ele vai responder!”, garantiu o deputado estadual e delegado Bruno Lima. Alguns internautas identificaram o radialista como sendo Paulo Rogério. Confira mais reações:

Em nota oficial publicada no Instagram, a rádio declarou que a fala expressava uma opinião particular do radialista, cujo nome foi mantido em anonimato. “Deixamos claro que foi uma posição particular do comunicador no momento em que o tema era debatido na nossa programação. A Rádio Independente faz questão de afirmar que apoia a causa animal e que sempre abriu espaço para organizações que a defende, o que continuará fazendo”, informou.

Confira o comunicado da Rádio Independente na íntegra:

“A Rádio Independente vem a público se manifestar sobre um comentário feito por um dos nossos colaboradores na manhã desta sexta-feira (3), relacionado a animais em situação de rua. Deixamos claro que foi uma posição particular do comunicador no momento em que o tema era debatido na nossa programação.

A Rádio Independente faz questão de afirmar que apoia a causa animal e que sempre abriu espaço para organizações que a defende, o que continuará fazendo.

Além disso, através de anúncios feitos em nossos microfones, centenas de animais perdidos foram encontrados e puderam voltar ao convívio com seus tutores. Neste sentido, cestas básicas são doadas pelas pessoas que procuram a emissora para encontrar seus pets. Os alimentos são destinados para famílias carentes.

Medidas internas também estão sendo tomadas para que episódios como este não voltem a acontecer. Lamentamos o ocorrido”.

View this post on Instagram

#NotaOficial A Rádio Independente vem a público se manifestar sobre um comentário feito por um dos nossos colaboradores na manhã desta sexta-feira (3), relacionado a animais em situação de rua. Deixamos claro que foi uma posição particular do comunicador no momento em que o tema era debatido na nossa programação. A Rádio Independente faz questão de afirmar que apoia a causa animal e que sempre abriu espaço para organizações que a defende, o que continuará fazendo. Além disso, através de anúncios feitos em nossos microfones, centenas de animais perdidos foram encontrados e puderam voltar ao convívio com seus tutores. Neste sentido, cestas básicas são doadas pelas pessoas que procuram a emissora para encontrar seus pets. Os alimentos são destinados para famílias carentes. Medidas internas também estão sendo tomadas para que episódios como este não voltem a acontecer. Lamentamos o ocorrido. A direção

A post shared by Rádio Independente (@rdindependente) on