Fotojet (4)

Youtuber é preso após amarrar cachorro a balões de hélio e soltá-lo no ar para filmar vídeo; saiba os detalhes

A que ponto chegamos? O youtuber Gaurav Sharma, de Nova Delhi, protagonizou uma polêmica chocante e enfureceu a web ao publicar em seu canal vídeos nos quais reproduziu cenas clássicas do filme “Up: Altas Aventuras” e de “Projeto X: Uma Festa Fora de Controle” com seu cachorro. Isso mesmo: ele amarrou seu pequeno lulu da pomerânia em uma dezena de balões cheios de gás hélio e o fez “voar”. Que horror!

No clipe de cerca de dois minutos, Sharma apareceu entrando em uma loja e perguntando ao vendedor a quantidade de balões necessária para manter seu cachorro no ar. “Por favor, não leve a mal. Quando colocarmos Dollar para voar, tomaremos todas as precauções de segurança”, disse ele. Em seguida, podemos ver o pet sendo amarrado e erguido no ar pelos balões. Obviamente sem controle, o pequeno acabou raspando contra a parede de um edifício ao lado do local em que filmavam.

A “técnica” deu tão certo, que o cachorrinho chegou até o segundo andar da construção, enquanto Gaurav comemorava o feito, que representou grandes riscos à vida do animal. Além do homem, uma senhora de idade mais avançada apareceu na tela, torcendo e incentivando os inúmeros takes do youtuber brincando com o cachorro que continuou flutuando. Veja:

Continua depois da Publicidade

Criticado por seus seguidores e diversas organizações de direitos dos animais, Sharma retirou o vídeo de seu canal e então acabou se desculpando publicamente. “Admito meu erro, mas pessoalmente tomei todas as medidas de segurança antes de voar o vídeo. Eu amo meu animal de estimação como meu filho. Foi o conteúdo errado que saiu”, declarou.

“Também adoro animais de estimação. Fui influenciado por ver alguns vídeos de fora. Peço desculpas por isso e apelarei a todos os que estão assistindo para que não sejam influenciados pelo meu vídeo”, disse Gaurav, que foi influenciado pelas seguintes cenas:

Continua depois da Publicidade

Apesar do pedido de desculpas, o produtor de conteúdo não saiu ileso da história. De acordo com o jornal The Indian Express, mesmo tendo deletado os registros da crueldade com o cãozinho, seus vídeos foram repostados em outros canais e serviram como prova para que ele fosse detido pela polícia indiana.

Atul Thakur, Subcomissário de Polícia da região Sul de Delhi, disse ao veículo que eles receberam, também, uma queixa da ONG “People for Animals” contra Sharma. “Ele foi preso sob a acusação de crueldade contra os animais, arriscando a vida do cão de estimação por meio da produção de vídeos”, concluiu.