[Alerta Spoilers] Diretor de “Nós”, Jordan Peele explica reviravolta chocante do final de seu novo filme de terror

O novo filme do diretor Jordan Peele, “Nós”, estreou no mês passado nos cinemas e tem causado discussões nas redes sociais por conta das reviravoltas no fim da trama. Foi tanto que, recentemente, o cineasta resolveu se manifestar sobre os acontecimentos do final de sua mais nova produção de terror, em entrevista ao podcast da revista “Empire”. Não precisamos nem avisar que este post contém spoilers, né?!

“Nós” é um thriller sobre uma família cujas serenas férias na praia transformam-se em caos quando são atacados por figuras exatamente iguais a eles. No clímax, a personagem principal Adelaide (Lupita Nyong’o) tenta fugir e superar a sua “sombra”, Red, e acaba descobrindo que há uma população inteira de “clones” das pessoas vivendo em túneis subterrâneos.

(Foto: Reprodução/Universal Pictures)

Em uma reviravolta chocante, bem ao estilo Peele, que também dirigiu o premiado “Corra!”, descobrimos que Red é a verdadeira Adelaide, que foi forçada a trocar de lugar com sua versão do “submundo” quando criança, décadas antes, após se perder dos pais e entrar na casa de espelhos que estava na praia.

Sobre esse plot twist, o cineasta afirmou: “O filme é sobre o monstro em você. É sobre nós, olhando para nós mesmos como indivíduos e como um grupo. A protagonista do filme é uma substituta para o público, então parecia que, no final das contas, eu não estava sendo justo com meu tema central, se eu não revelasse que nós fomos o “cara mau” nesse filme. Nós seguimos o vilão. Eu digo ‘vilão’ levemente, porque eu acho que há muitas experiências no filme, e eu acho que muitas pessoas passam por uma questão do que é o bem e o mal“.

E ele acrescentou: “Isso existe mesmo? Ambas as personagens são amáveis ​​e aterrorizantes, com base nas vidas que elas levaram, elas apenas inverteram os caminhos“.

(Foto: Divulgação – Claudette Barius/Universal Pictures)

Sobre a cena final entre Adelaide e seu filho Jason (Evan Alex), em que os dois trocam um olhar, deixando para o público decidir se o garoto está ciente da verdadeira identidade da mãe, Peele comentou: “Adelaide e Jason compartilhando esse momento no final, eu estou propositalmente deixando um pouco vago sobre o que exatamente ele sabe ou até onde ele chegou para descobrir ou se ele descobriu. Eu acho que o pequeno sorriso que ela lhe dá é um monte de coisas. Acho que é uma conexão com o sorriso maligno que ela teve quando era pequena, mas também um tipo de compreensão de que sua unidade familiar ficou mais forte com essa experiência“.

E vocês, o que acham disso tudo? Já viram o trailer de “Nós”?

[Via Empire Magazine]