[ALERTA SPOILERS] “Vingadores: Ultimato”: Diretores explicam cena final de Homem de Ferro e revelam decisão de Robert Downey Jr. nas gravações

Um dos filmes mais esperados do ano, “Vingadores: Ultimato” chegou às telonas há pouco mais de uma semana e continua repercutindo no mundo todo. Em entrevista à Entertainment Weekly, os diretores do longa que encerra 11 anos de filmes do universo Marvel falaram sobre uma das cenas finais envolvendo o personagem de Robert Downey Jr., nosso eterno Homem de Ferro.

Não precisamos nem avisar que esse texto contém spoilers, né? Se você ainda não assistiu ao filme, SAIA JÁ DESSE POST!

Na conversa com a revista, os irmãos Anthony e Joe Russo explicaram como o fim do arco de Tony Stark como Homem de Ferro surgiu. Embora não tenha sido uma decisão fácil para os diretores ou para Downey Jr., todos concordaram que era o momento certo para o Sr. Stark morrer. “Há muitos garotos que realmente são alucinados com esse personagem, e é difícil porque estamos tentando contar uma história sobre heroísmo“, disse Joe. “E, às vezes, o heroísmo envolve fazer o que for preciso“, acrescentou Anthony.

Em paralelo ao desfecho de Capitão América, Tony Stark não voltou ao passado para viver com sua amada, mas se sacrificou para salvar o mundo do vilão Thanos, usando as Joias do Infinito. Sobre a despedida do personagem, os cineastas revelaram que Downey foi o responsável pela decisão de que Stark não dissesse nada enquanto morria na frente de seus amigos. Como vimos, após usar as joias, o herói se esforça para falar algo enquanto é consolado por sua esposa Pepper Potts (Gwyneth Paltrow) e por Peter Parker (Tom Holland).

(Foto: Reprodução/Marvel Studios)

Foi uma escolha dele, não falar. Esse era o seu instinto dizendo: ‘Eu vou ser honesto com o que esta situação significa’. Ele acabou de ser destruído por essa luva [Manopla do Infinito]. Vimos o que aconteceu com o Hulk. Vimos o que aconteceu com Thanos. Isso incapacitaria [Stark]“, relembrou Joe. “Eu acho que, de certo modo, Tony Stark deveria morrer, e ele sempre soube que iria morrer porque nunca poderia reconciliar essa ideia em si de não proteger o universo“, acrescentou o diretor. “Acho que sempre foi uma faísca nele, sempre vendo que havia perigo no horizonte e que um dia, ele e aquele perigo se encontrariam“, completou Anthony.

(Foto: Reprodução/Marvel Studios)

Os irmãos Russo e Downey queriam que fosse uma boa despedida, sem piadas ou discursos longos. “Nem sempre tem o momento de sua morte, em que você está lúcido e pode ter um discurso realmente coeso sobre o que sua vida significa para você“, afirmou Joe. “É por isso que ele gravou uma mensagem pós-morte, para que ele não tivesse que falar em sua morte“, acrescentou Anthony.

A dupla ainda contou que as filmagens foram bem emocionantes para o ator, sobretudo por seu passado, em que lutou contra o vício em drogas e álcool antes de interpretar o Homem de Ferro no primeiro filme, em 2008. “Este papel tem um significado real e é um papel redentor para ele“, disse Joe. “Esses caras [da Marvel] apostaram nele em uma época em que era difícil assegurar sua participação, e foi uma jornada poderosa para ele“.

Maravilhoso, né?! Vamos sentir muitas saudades, Sr. Stark!