Emoção! Durante entrevista, tenista número um do mundo vai às lágrimas ao derrotar e consolar adversária de 15 anos: “Uma jogadora incrível”; assista!

Os entusiastas do tênis têm vivido momentos inesquecíveis, que ultrapassam as disputas acirradas dos atletas no esporte. Durante a partida válida do torneio US Open, no sábado (31), a tenista Naomi Osaka levou a melhor no jogo contra a norte-americana Coco Gauff. Porém, ao ver que sua oponente estava muito emocionada na entrevista com a imprensa, a vencedora decidiu deixar de lado os gritos e sorrisos para apoiar a atleta e incentivá-la a seguir em frente.

Ciente do talento e do desempenho positivo de Coco Gauff na quadra, Naomi Osaka pediu que a colega também estivesse nos holofotes das entrevistas ao final da disputa. Geralmente, o protocolo prioriza o bate-papo apenas com os vencedores dos jogos. “Eu disse que não porque sabia que iria chorar o tempo todo. Mas ela me encorajou a dar a entrevista. Vou aprender muito com essa partida. Ela foi muito doce comigo. Então, obrigada por isso“, revelou a norte-americana de apenas 15 anos de idade.

Atualmente, a japonesa Naomi Osaka é a número um no esporte, enquanto Coco é considerada uma das maiores revelações em ascensão no tênis, ocupando o 140º lugar da lista. E foi justamente a determinação e a paixão da garota pelo esporte que acabou levando a veterana às lágrimas na entrevista. “Vocês criaram uma jogadora incrível”, começou, direcionando-se aos pais da adversária nas arquibancadas. “Me lembro de ver vocês… Não quero chorar… Eu costumava ver vocês… Desculpe. Eu lembro de ver vocês treinando no mesmo lugar em que nós treinávamos“, contou a esportista.

Para mim, ver que nós duas conseguimos e estamos trabalhando duro é incrível. Acho que vocês são incríveis. Coco, você é incrível. Eu sabia que precisava ir bem desde o começo [do jogo]”, elogiou Naomi. A japonesa venceu o jogo por dois sets a zero em pouco mais de uma hora.

Mais tarde, as duas tenistas voltaram a se pronunciar sobre o jogo em suas redes sociais. “Mantenha sua cabeça erguida. Você tem muito para se orgulhar. Guerreira“, escreveu Naomi Osaka em sua conta no Twitter. Junto de uma sequência de fotos da partida, Coco Gauff postou “Semana incrível, US Open. Sigo aprendendo. Sigo melhorando. Sigo lutando“.

Quem também deu um show de empatia nas quadras de tênis recentemente foi Serena Williams e Bianca Andreescu. A irmã de Venus Williams sentiu uma lesão nas costas durante a decisão do WTA de Toronto e anunciou desistência da partida, após estar perdendo por 3 a 1, ainda no primeiro set. Visivelmente abalada e chorando, Serena foi amparada pela vencedora, que a abraçou e ficou por ali conversando até que a esportista estivesse mais tranquila.