No aniversário de Madonna, reunimos 10 momentos em que a cantora fez jus ao título de “rainha do pop”; vem ver!

Hoje o dia amanheceu mais divônico e cheio de luz… E não foi à toa, já que nesta sexta-feira (16), a cantora Madonna completou mais um ano de vida. Como bons súditos que somos de vossa majestade, não poderíamos deixar essa ocasião passar em branco. Por isso, reunimos 10 momentos em que a cantora comprovou que o título de rainha do pop é mais que merecido, e foi conquistado com muito trabalho duro, inclusive. Na verdade, poderíamos fazer uma lista muito maior, mas por hoje, resolvemos relembrar esses baphos históricos. Espia só!

Dona das premiações musicais

Madonna é figurinha carimbada em todos os principais prêmios musicais ao redor do mundo. Mas, antes mesmo de todas as pirotecnias tecnológicas começarem a fazer parte das apresentações, a cantora saía na frente ao pensar em formas fora da caixinha para surpreender o público. O palco do Video Music Awards presenciou dois dos momentos mais icônicos de sua história. Em 1990, dançando “Vogue” com trajes a la “Maria Antonieta”, ou em 2003 com o beijo “Like a Virgin” em Britney Spears e Christina Aguilera, ela sabia muito bem como comandar um espetáculo na televisão.

Quando o Superbowl virou palco de uma mini turnê

As apresentações musicais da final do campeonato de futebol americano sempre foram um espetáculo à parte. Mas, quando Madonna assumiu o posto de performer do evento em 2012, as apresentações elevaram o nível drasticamente. Como fazer um show “minimalista” depois de assistir a rainha do pop ser carregada por um exército faraônico, dançar incansavelmente, fazer uma fanfarra ao invadir o gramado do estádio e cantar uma surra de hits históricos?! Eu mesmo respondo: simplesmente, não dá! Kkkk

Meu corpo, minhas regras

Antes mesmo da famosa frase popularizar na sociedade, Madonna já mostrava a essência do pensamento em suas atitudes. Na performance de “Like a Virgin” da turnê “Blond Ambition Tour”, a cantora simulava um ato de masturbação em cima de uma cama. O ano era 1990, falar sobre isso era um tabu, representar isso para milhares de pessoas poderia render prisão. E a polícia de Toronto até ameaçou a diva com o intuito de censurá-la em um de seus shows. O que ela fez?! Performou a música sem mudar uma vírgula do script, e ainda mandou registrar tudo no documentário “Na cama com Madonna”, lançado em 1991.

Relação de amor e ódio com a igreja

Considerado um dos singles mais importantes de sua carreira, “Like a Prayer” é uma verdadeira declaração de guerra contra os valores ultrapassados que a sociedade cultuava no final dos anos 1980, quando foi lançada. Com o intuito de provocar reflexões sobre a propaganda de que o surto da Aids dentro da comunidade gay era uma maldição divina, o machismo era OK e a violência contra os negros era aceitável, a cantora produziu um videoclipe com imagens que são referências na história da música até hoje.

Militante incansável

Mesmo depois de quebrar tantas barreiras e ajudar nas conquistas de lutas importantes da sociedade ao longo dos anos, Madonna segue de pé enfrentando os dias sombrios que o mundo vive atualmente. No clipe de “God Control”, do seu novo álbum “Madame X”, a rainha do pop produziu uma obra-prima com cenas fortes que recriam massacres causados por armas de fogo. A gravação foi claramente um apelo para que as autoridades norte-americanas invistam em legislações mais seguras para o povo.

Uma rainha divertida e espontânea

Ao lado do amigo James Corden, Madonna protagonizou uma das edições mais icônicas do quadro “Carpool Karaoke”. No vídeo, a artista aparece super leve fazendo piadinhas ácidas, falando palavrões, relembrando alguns momentos importantes de sua carreira musical e muito mais. Porém, o ponto alto é quando a cantora decide transformar o carro em um palco de suas turnês, e acaba fazendo diversas coreografias e acrobacias que só de olhar a minha coluna fica toda travada. Kkkkk

Afrontosa, mas sem tempo para rivalidade feminina

Madonna é sinônimo de polêmica, sem sombra de dúvidas. E, graças a mídia, a cantora Lady Gaga acabou virando sua arqui-inimiga ao figurar como uma possível substituta do posto de rainha do pop. No auge da rixa entre as duas, a artista pareceu mandar um recadinho para a colega em sua “MDNA Tour”. Madge cantava um medley que incluía o hit da rival “Born This Way” e logo em seguida emendava na faixa “She’s Not Me”, que em tradução literal significa “Ela não sou eu”. Mas, em pleno 2019, questões como essas não fazem qualquer sentido. Por isso, ela e Gaga fizeram questão de mostrar que a paz prevaleceu em um clique lindo, feito em uma festa organizada pela mãe de Lourdes Maria no pós-Oscar.

Ela é atriz, ela é

Madonna já participou de alguns filmes, mas o mais marcante de sua história, com certeza absoluta, foi “Evita”. No longa de 1996, a cantora deu vida para Eva Péron, uma das mais populares primeiras-damas da América Latina. Nele, a diva protagoniza uma das cenas mais baphônicas do cinema ao cantar “Don’t Cry For Me Argentina”. A música-tema do longa “You Must Love Me”, também performada por Madge, venceu o Oscar de “Melhor Canção Original”.

Encontro de Divas

Não tem jeito, brasileiro tem que puxar sardinha pra si mesmo, sim! Kkkk Como ignorar o fato que a rainha do pop notou a existência e o talento da nossa musa Anitta? No álbum “Madame X”, as duas dividem os vocais da música “Faz Gostoso”, e Madonna comprova o motivo de ser uma artista tão incrível e dedicada. Na gravação, a diva canta em português e apresenta o nosso amado funk para o mundo em proporções que nunca imaginamos antes. Agora só falta gravar um videoclipe. Fica a dica!

100% nem aí para a idade

Que me perdoem o palavreado, mas Madonna é f*da! E é simplesmente absurdo que depois de tudo que ela já fez em sua carreira, a rainha precise rebater críticas que colocam em xeque sua relevância e talento por causa da idade. Em entrevista recente ao “Fantástico”, ela deu um “chega pra lá” nos haters desavisados. “Se eu fosse homem, não estaríamos discutindo a minha idade. Mas se você for uma mulher, existe um comportamento esperado. Se você ainda tiver um apetite sexual e ainda se divertir e se sentir viva, você é desprezada e perseguida“, disse. Confira a entrevista aqui!

Madonna fala sobre a idade para o “Fantástico”. Foto: Reprodução/TV Globo