Que lindo! Gatinho que invadiu gravação tem reencontro com repórter, ganha novo lar e apelido fofo; assista aos vídeos

Ai, gente, nosso coração não aguenta tanta fofura! Lembram do gatinho determinado a roubar a cena enquanto o repórter Artur Lira, da TV Paraíba, afiliada da TV Globo, tentava gravar a sua matéria esta semana? Pois bem, ele conseguiu um final feliz!

Comovido com a repercussão de seu vídeo com o bichano, Artur voltou à Central de Polícia de Campina Grande, decidido a encontrar o gato novamente e saber mais sobre ele. Lá, ele descobriu que o felino se chamava Frajola e estava há sete meses morando na delegacia com outros gatos.

Os policiais e outros trabalhadores explicaram ao repórter que têm o costume de alimentar os bichinhos diariamente para depois propiciar a adoção. A notícia mexeu com o coração de Artur que começou uma campanha para convencer sua mãe a deixá-lo levar o gato pra casa. Destino, né? Olha só o reencontro:

Mesmo com a campanha, entretanto, a mãe do repórter não mudou de decisão. “Vou dizer não porque eu gosto de viajar. Pegar um gato pra deixar sozinho [não dá]. E outra esse gato, como você disse, já está acostumado lá, com os outros”, explicou ela em uma matéria exibida na TV Paraíba. Poxa!

Mas a gente disse que a história ia ter um final feliz, não disse? Na noite dessa quinta (07), a tia de Artur, Neide, disse que ficaria com o Frajola, ou ‘Delegato’, para os íntimos. kkkk “Eu tô muito feliz porque ele vai ficar na nossa família. Minha tia mora perto na minha casa, então eu vou sempre visitar ele”, comemorou o repórter.

Ele explicou como foi a repercussão da história. “Todo mundo ficou triste porque minha mãe não pode adotar o gato. E como falei, eu entendo a decisão dela e de certa forma concordo”, opinou Artur, antes da dar a notícia.

Depois, ele explicou como foi o processo de adoção. “Hoje no início da noite fui buscar ele na Central de Polícia, comprei ração, petiscos, pratinhos, coleira e levei ele pra casa da minha tia. Lá tem jardim grande e espaço pra ele correr e brincar”, contou.

Artur acrescentou que no dia seguinte levaria o bichinho para castrar, tomar vacinas e tomar banho. “Estou muito feliz e sei que vocês também. Agora nosso DeleGato tem um lar pra receber ainda mais amor e carinho”, derreteu-se. Olha só o encontro familiar:

View this post on Instagram

TIVEMOS UM FINAL FELIZ!!! Todo mundo ficou triste porque minha mãe não pode adotar o gato. E como falei, eu entendo a decisão dela e de certa forma concordo. Mas, minha tia Neide decidiu fica com o Frajola. Eu tô muito feliz porque ele vai ficar na nossa família. Minha tia mora perto na minha casa, então eu vou sempre visitar ele. Hoje no início da noite fui buscar ele na Central de Polícia, comprei ração, petiscos, pratinhos, coleira e levei ele pra casa da minha tia. Lá tem jardim grande e espaço pra ele correr e brincar. Amanhã vou levar ele pra castrar, tomar vacinas e dar um banho. Estou muito feliz e sei que vocês também. Agora nosso DeleGato tem um lar pra receber ainda mais amor e carinho. #frajola #delegato #petslover #adotei

A post shared by Artur Lira (@arturslira) on

Agora já queremos novas participações do Frajola na TV!