Jessie J escreve textão e critica comparações a Jenna Dewan, ex de Channing Tatum: “Desapontada e envergonhada”

Desde que os rumores de um namoro entre a cantora Jessie J e o ator Channing Tatum começaram em outubro, a internet tem comentado as semelhanças físicas entre a britânica e a ex-esposa de Channing, a atriz Jenna Dewan. Nesta sexta (16), Jessie decidiu se posicionar sobre o assunto, mesmo sem mencionar ninguém.

Em uma publicação em seu perfil no Instagram, a voz de “Price Tag” soltou o verbo sobre esse tipo de comentário, dizendo estar envergonhada de ter que ver seu nome envolvido em comparações entre mulheres. Jenna Dewan foi casada com Channing por nove anos, e o casal se separou em abril de 2018.

Jessie J e Jenna Dewan (Foto: Getty)

“Quem se sente bem com essa história? Sei que eu não. Quem essa história inspira?”, perguntou a cantora. Jessie também direciona seu comentário à imprensa que insiste em publicar matérias como esta em que se viu envolvida agora. “Sou uma mulher que apoia TODAS as mulheres. Sou uma mulher que ama TODAS as mulheres e não vou ficar quieta quando a mídia ensina meninas a se comparar constantemente”.

*Leia também:
Confirmou?! Channing Tatum fala sobre Jessie J pela primeira vez desde rumores de namoro!

Jessie J emociona fãs ao revelar que não pode ter filhos de forma natural; veja vídeo

A britânica termina sua publicação com uma mensagem positiva para mulheres. “Somos todas LINDAS. Somos o bastante do jeito que somos. Seja sua melhor versão! Não dá para acordar e ser alguém que não você mesma. Então, por favor, ame seu rosto, seu corpo, sua mente e seu coração”, disse. Confira a tradução completa do comentário de Jessie J:

View this post on Instagram

💭

A post shared by J E S S I E . J (@jessiej) on

“É raro, mas às vezes vejo meu nome envolvido em matérias online com as quais não concordo. Normalmente as ignoro, porque 99% das vezes é algo que não há porquê comentar com positividade.

No entanto, há uma história que já vi ser reescrita várias vezes nas últimas semanas que fala sobre eu ser comparada diretamente a outra linda mulher com relação a nossa aparência física e com as pessoas escolhendo quem acham ser a mais bonita.

Estou aqui para falar sobre a chamada e a forma como esta história tem sido escrita. Tenho tentado continuamente achar algo de positivo neste artigo… e ainda não consegui.

Quem se sente bem com essa história? Sei que eu não. Quem essa história inspira? …? Escolher quem é a melhor e dizer o motivo é uma boa atividade para mulheres participarem? Não. Estou falando em geral também. Além dessa história. É constante com mulheres. Escolher favoritas. A imprensa faz isso com homens? Não. As mulheres estão tirando uma lição positiva disso? Não.

Bastam alguns comentários para ver que essas histórias não inspiram mulheres a se apoiarem, mas mais a mulheres se destruírem. Estou tão desapontada e envergonhada de ver meu nome envolvido. Não é algo que eu apoie de maneira alguma.

Não levo essas histórias na brincadeira. Porque eu sei o tipo de impacto que elas têm em meninas que as leem. Passei tanto tempo da minha infância tentando me sentir confortável na minha própria pele, assim como tantas outras meninas, e quando fiquei mais velha decidi usar minha carreira fazendo músicas que tentem inspirar e ajudar a mim e todas as outras mulheres que veem suas belezas de fora para dentro e continuam assim. Cara, como o mundo precisa disso. Agora mais do que nunca.

Então… Peço novamente à mídia que entenda o poder que tem em mudar o mundo. Como vocês podem ajudar gerações mais novas a crescer sendo mais gentis consigo mesmo e com os outros. Mudar de forma positiva o que jovens mulheres leem e veem e como isso impacta suas visões pessoais sobre si mesmas com relação a beleza, e como elas veem aquelas ao seu redor. Todas somos únicas.

Vejo isso como uma lição maior da qual posso falar.

Sou uma mulher que apoia TODAS as mulheres. Sou uma mulher que AMA todas as mulheres e não vou ficar quieta quando a mídia ensina jovens meninas a constantemente se comparar umas com as outras. Ou a escolher quem elas acham que é mais bonita.

Somos todas LINDAS. Somos o bastante do jeito que somos. Seja sua melhor versão! Não dá para acordar e ser alguém que não você mesma. Então, por favor, ame seu rosto, seu corpo, sua mente e seu coração. Seja boa a si mesma. E àquelas ao seu redor.

Seja sensível com suas palavras. Seja gentil com suas palavras. Você não tem ideia o que elas podem fazer a outra pessoa. Sozinhas, meninas, somos fortes. Mas JUNTAS? Nós mulheres podemos realmente MUDAR O MUNDO.

Com amor, Jessica.”