OMG! Katy Perry terá que pagar montante milionário a rapper gospel após perder processo de plágio no hit ‘Dark Horse’; Saiba as cifras e os detalhes

Um dos maiores sucessos da carreira de Katy Perry, “Dark Horse” já rendeu à diva, muitas glórias. Mas agora chegou a hora de um pouquinho de revés. Na tarde desta quinta-feira (1°), jurados que avaliaram o processo de plágio da canção movido pelo rapper de música gospel Flame finalmente decidiram quanto Katy, o produtor e co-compositor Dr. Luke, seus colaboradores e a Capitol Records terão de pagar.

De acordo com informações da revista Variety, o júri bateu o martelo e determinou o acerto de 2,78 milhões de dólares, aproximadamente 10,67 milhões de reais! Desse montante, Perry, obrigatoriamente terá de pagar ao músico – que a acusou de copiar elementos de sua canção de 2008, “Joyful Noise” – 550 mil dólares, ou seja, cerca de 2,11 milhões de reais.

Os advogados de Flame, cujo nome de batismo é Marcus Grey, haviam pedido uma indenização de 20 milhões de dólares, enquanto os advogados de defesa argumentaram que 360 mil dólares seriam um valor razoável.

A Decisão do Plágio 

O veredito da batalha judicial iniciada em julho de 2014 saiu nesta segunda-feira (29), quando Perry foi condenada por plágio. O rapper cristão apontava o sucesso de 2013, de Katy, como uma completa cópia de “Joyful Noise” — canção que foi, inclusive, indicada ao Grammy. A música de Flame foi compartilhada pela primeira vez no YouTube em 2008, e desde então, acumulou milhões de visualizações. Ele afirma que Katy copiou o beat da faixa; no entanto, a cantora nega veementemente, dizendo não haver nenhuma similaridade realmente importante nos dois singles.

De acordo com o processo, Flame afirma que a voz de “Teenage Dream” destruiu sua reputação em círculos de música cristã, porque agora ele é associado a “bruxaria e imagens anti-cristãs” que Katy teria inserido em seu videoclipe para “Dark Horse”.

Na semana passada, a cantora foi à corte testemunhar e afirmou nunca ter escutado “Joyful Noise” antes do processo. Ela também disse ao júri que ouviu pela primeira vez as batidas da música quando Dr. Luke a apresentou ao som, em meio a taças de vinho. Katy ainda declarou que escreveu a letra em apenas quatro horas. De acordo com o TMZ, a estrela permaneceu calma durante o testemunho. Compare a seguir ambas as faixas:

 Como contamos anteriormente, ela até se ofereceu para cantar a música em frente ao júri, quando houve dificuldades técnicas para tocar o hit no tribunal. A cantora arrancou risadas de todos ao dizer: “Eu posso apresentá-la ao vivo para vocês”. Em um depoimento de cerca de 35 minutos, a diva argumentou também que, apesar de seu passado com a música cristã, ela realmente não sabia da existência da canção de Flame. A justificativa da estrela foi de que, nesse período, ela ouvia principalmente músicas “seculares”, ou “mundanas”.