Entrevista: Charlie Puth fala com Hugo Gloss sobre primeiro show no Brasil, relembra festa animada na casa de Anitta, e nos choca com seu ‘superpoder’; Assista

Essa é pra matar as saudades! Dono de muitos hits, nosso querido Charlie Puth esteve no Brasil no comecinho do mês e, para a alegria dos fãs, se apresentou no Rock In Rio para um mar de gente que sabia todas, repito, TODAS as letras de suas músicas de trás pra frente! Quem aí assistiu? Foi mara!

Um dia antes de invadir a Cidade do Rock, Charlie bateu um papo com Hugo Gloss durante sua estadia no Rio e contou sobre a expectativa para o show – arrisco dizer que o maior de sua carreira – assim como seus novos projetos e influências musicais, a experiência com comes e bebes típicos do Brasil e até sobre uma possível parceria com Anitta! Foi a gente que pediu, sim!

Charlie lançou recentemente 3 novas tracks, intituladas “I Warned Myself”, “Mother” e “Cheating On You”. Como todas foram muito bem recebidas pelo público, o artista acabou deixando nas mãos dos fãs para escolherem qual canção seria eleita o single tocado pelas rádios. A equipe Gloss escolheu “Cheating On You” e o muso avisou: “Muita gente votou nessa também! Escrevi essa música após escutar um monte de coisas do Ne-Yo, de tipo 2005, o antigo R&B dos anos 2000”. Mesmo com a campanha, “Mother” acabou sendo escolhida como o novo hit. Mas tudo bem, a gente ama essa também!

Quando questionado sobre suas influências, Charlinho mencionou as Destiny’s Child e seus produtores por usarem muito o “acorde dominante”, uma combinação de notas que torna as músicas mais “misteriosas e sombrias”. “Isso era algo típico da música dos anos 2000, mas meio que foi sendo deixado de lado em 2008 por alguma razão, mas agora está começando a voltar com tipo, a Normani. Ela é fantástica. Adoraria trabalhar com ela”, confessou. Normani, puxa esse boy pra pista de dança, porque a gente quer ver ele requebrando! Kkkk.

Talvez você não saiba, mas Charlie tem um talento super interessante e especial. Ele é o que chamamos de “perfect pitch”, e explicou na prática o que isso quer dizer. “Significa que se tivéssemos um piano aqui, eu conseguiria adivinhar e dizer qualquer nota aleatória que você tocasse, sem olhar para o teclado”, declarou. Seria isso um super poder, gente?! “É tipo isso… É meio 8 ou 80. Às vezes, quando tem sei lá, um alarme de incêndio disparando, eu penso ‘Oh, é um fá sustenido e um sol’ e aí só depois eu penso ‘Ah tá, tenho que sair do prédio!'”, brincou. Ouvidos de músico, né, meu bem…

É claro que, estando no nosso país, Puth tinha que provar um pouco da nossa culinária! Logo, providenciamos, no meio da entrevista, uma tigelona de açaí pra ele experimentar! E olha que ele quebrou a dieta pra poder dar seu veredito final. “É, quer saber? Isso é realmente muito bom. Não é completamente doce também. É meio salgado. Estou de dieta, então isso é tudo que posso comer, mas é muito bom!”, exclamou o rapaz. Empresas de açaí, já podem mandar os mimos pra ele kkkk.

Ainda no assunto ‘brasilidades’, Charlie confessou que nunca tinha ouvido falar de caipirinha! Gente, como assim?! Aparentemente, ele provou outros drinks que a gente já conhece muito bem numa festinha na casa de Anitta! Nossa poderosa não só ensinou algumas palavras em português pra ele, como também lhe apresentou uma bebida de banana que o deixou mega empolgado. “Ela é muito querida, a conheço há alguns anos e ela sempre foi muito legal”, explicou. Óbvio que perguntamos sobre a possibilidade de um feat entre os dois e a resposta foi curta e maravilhosa: “Nossa, com certeza!”. Vem hinooo!

Assista à entrevista completa com Charlie Puth abaixo: