Jogador Hulk confirma que suas duas irmãs receberam Auxílio Emergencial e se posiciona sobre caso: “Não gostei”

Após vir à tona que suas duas irmãs estavam sendo beneficiadas financeiramente com o Auxílio Emergencial, oferecido pelo governo durante a quarentena, o jogador de futebol Hulk se posicionou a respeito do assunto nesta quarta-feira (1º). Procurado pelo site Uol, o craque enviou uma nota repudiando a atitude de suas irmãs e afirmando que dá assistência a todos seus familiares.

“Infelizmente é verdade. Fiquei sabendo ao ser avisado pelo meu assessor de imprensa. Perguntei as minhas irmãs e elas confirmaram. Não gostei pois sempre ajudei toda minha família. Reclamei pela atitude, mas cada um é responsável pelos seus atos”, lamentou. Segundo a revista France Football, Hulk ganha anualmente 23,4 milhões de euros, 105 milhões de reais na cotação atual, pela sua atuação no Shangai SIPG.

De acordo com os dados disponíveis no portal de Transparência, da Controladoria-Geral da União (CGU), Givanilda Vieira de Sousa recebeu o benefício no valor de R$ 1.200 por ser mãe chefe de família. Já Gilvânia Vieira de Sousa foi beneficiada com o auxílio de R$ 600. O programa do Governo Federal tem como intuito dar assistência financeira para os trabalhadores informais e pessoas desempregadas que foram afetadas diretamente pelo isolamento social.

Atualmente, Hulk recebe salário multimilionário pelo seu trabalho como atacante no Shanghai SIPG FC. Foto: Reprodução/Instagram

Hulk não é a primeira personalidade a se envolver com uma polêmica por conta do cadastro de familiares no programa. No final do mês de maio, o apresentador William Bonner precisou se manifestar publicamente a respeito de um registro feito no nome de seu filho, Vinícius, de 22 anos. Segundo o jornalista, o nome e CPF de Vinícius já vinham sendo utilizados por estelionatários há anos. “Meu filho não pediu auxílio nenhum, não autorizou ninguém a fazer isso por ele. Mais uma fraude, obviamente”, defendeu o jornalista ao detalhar o caso na rede social.

O DJ Alok também precisou se pronunciar após terem descoberto que o irmão da sua esposa Romana Novais estava recebendo os R$ 600 do governo. Em um vídeo publicado em seu Instagram, ele e a médica contaram que não sabiam do cadastro, e pediram para o rapaz devolver o dinheiro. “Para nossa indignação e surpresa ele usou mesmo o auxílio emergencial. E não nos avisou. Nós fazemos de tudo por nossa família. Eu sustento a minha, e a Romana também”, explicou o músico e produtor.