Penalti demorado (Reprodução/ Twitter)

Jogador japonês viraliza ao bater pênalti “mais demorado dos últimos tempos”; assista

Outra jogada já tinha viralizado, quando os atletas brincaram de “ciranda, cirandinha” antes de bater falta

Se isso acontece no futebol profissional… Durante o Campeonato Nacional de Futebol de Escolas Secundárias no Japão, um dos jogadores decidiu tirar uma onda e demorou nada menos do que 25 segundos para bater um pênalti. Há quem diga, inclusive, que foi a penalidade mais demorada dos últimos tempos. Eita! A competição teve início na última terça-feira (28), e vai até o dia 10 de janeiro.

No vídeo que circula nas redes, é possível notar que o jogador Taguchi Soraga, da Ryutsu Keizai HS, abusa da paciência do goleiro e do juiz. No futebol profissional, existe um tempo máximo para bater o pênalti e, caso não seja cumprido, o responsável pode tomar uma punição. Mas parece que isso ficou pra trás no futebol amador… Pensando no lado positivo, pelo menos deu certo, já que a bola foi no cantinho e o gol foi marcado.

O goleiro do Kindai Wakayama fica um bom tempo esperando pela cobrança. Taguchi se posicionou na linha da grande área e demorou alguns segundos para dar os primeiros passos. Quando decidiu ir até a bola, optou pelo modo difícil, com passos extremamente curtos e lentos. No meio do caminho deu outra paradinha, um salto no mesmo lugar e mais uma lenta “corridinha” até a bola, tudo antes de bater para o gol. Assista:

O lance, inusitado para dizer o mínimo, ocorreu durante uma disputa por pênaltis entre as equipes. No tempo normal, o resultado foi o empate em 1 a 1. Apesar de tudo, a enrolação e o gol não foram suficientes para levar a equipe Ryutsu Keizai HS à vitória. O jogador está rodando o mundo com o vídeo viral, mas sua equipe foi derrota por 5 x 4 pelos adversários.

No total, a penalidade demorou quase 40 segundos para ser convertida. (Foto: Reprodução/ Twitter)
No total, a penalidade demorou quase 40 segundos para ser convertida. (Foto: Reprodução/ Twitter)

Continua depois da Publicidade

No mesmo campeonato, outra jogada já tinha chamado bastante atenção do público. Em uma batida de falta, enquanto dois jogadores estavam perto da bola, outros cinco estavam na entrada da grande área e começaram a brincar de girar, tipo “ciranda, cirandinha”. A jogada ensaiada desorientou a defesa adversária e deu certo, porque pouco antes da falta ser batida a roda foi desfeita e os jogadores conseguiram o gol. Confira: