Skate

Karen Jonz usa termo pra lá de inusitado ao falar sobre queda de skatista e diverte a web: “Melhor comentário” – assista

As Olimpíadas de Tóquio estão revelando muitos talentos do esporte, mas do lado de trás das telinhas também tem gente encantando os telespectadores! A skatista e tetra-campeã mundial, Karen Jonz, foi convidada para trabalhar como comentarista da modalidade no SporTV. Neste domingo (25), rolaram as classificatórias e a final do skate feminino, e Karen fez sucesso nas redes sociais após usar um termo super engraçado para falar sobre a queda de uma das esportistas.

O momento aconteceu durante a etapa classificatória. A australiana Hayley Wilson fazia sua volta no Skate Street Feminino, modalidade estreante nas Olimpíadas, quando errou sua manobra e acabou caindo com as partes íntimas no cano. Foi aí que Karen soltou uma pérola:

Xerecou no campeonato. Olha, é ruim para os homens cair deste jeito. Mas, tenho que informar para vocês que para as mulheres também é”, disparou a comentarista, sem papas na língua. Socorro! Kkkk Nas redes sociais, os internautas adoraram a escolha de termo de Jonz e a apontaram como uma das melhores partes da transmissão. Até a própria skatista brincou com a repercussão de sua gíria e tuitou: “Eu xereco, tu xerecas, elus xerecam“. Veja algumas reações:

Continua depois da Publicidade

Outros comentários de Karen também fizeram sucesso com o público. Com seu jeito espontâneo, a skatista representou todo mundo ao assistir Rayssa Leal, nossa fadinha que conquistou a medalha de prata, completar uma manobra com perfeição. “Viaaado, arrasou!“, lançou a esportista. “Nada define mais esse momento do que o ‘viado’ que a Karen Jonz soltou ao vivo“, disse uma internauta.

Os internautas também gostaram bastante do cuidado que Karen teve ao falar sobre Alana Smith, skatista que se declarou como pessoa não-binária, ou seja, alguém que não se identifica simplesmente como mulher ou homem. “Alana Smith recentemente fez a declaração de ser não-binária, e a gente aqui está pesquisando sobre pronomes, pois logo mais ela entra. Vocês desculpem aí se a gente cometer alguns erros, é um assunto muito importante, inclusive, pra gente trazer aqui e ser apresentado, porque acredito que muita gente não saiba também e é importante a gente ver isso nos jogos olímpicos, alguns atletas não-binários, LGBTs…“, observou ela.

Continua depois da Publicidade

A preocupação da comentarista foi elogiada no Twitter, inclusive por membros da comunidade LGBTQIA+. Com o sucesso dos comentários de Karen, já teve gente querendo que a presença da skatista se torne mais recorrente nas telinhas. Pensaram até em uma outra utilidade para os comentários irreverentes da atleta… “Quando acabarem as Olimpíadas, poderiam colocar a Karen Jonz pra comentar a CPI“, brincou um internauta. Adoramos a ideia! Kkk Uma coisa é certa, tudo isso serviu para dar uma visibilidade muito importante para o skate, principalmente o feminino. As meninas podem tudo!