Luis Roberto Copa America

Narrador Luis Roberto perde a paciência e explode ao vivo no SporTV após anúncio da Copa América no Brasil: “É um tapa na cara”; assista!

O programa “Seleção SporTV” desta segunda-feira (31) foi marcado pela revolta de Luís Roberto. Enquanto estavam no ar, o narrador esportivo da TV Globo mostrou sua indignação e perdeu a paciência com a notícia de que o Brasil sediará novamente a Copa América, apesar da situação caótica do país em plena pandemia da Covid-19.

A decisão de trazer o torneio para o Brasil se deu após a Argentina desistir de sediar o evento, por conta da piora na situação da pandemia, enquanto a Colômbia abriu mão pelos protestos que têm agitado o país. Levando em conta a condição dos estádios brasileiros e a boa organização do campeonato aqui em 2019, a Conmebol consultou o governo federal se haveria a possibilidade de trazer a Copa América para cá, e recebeu uma resposta positiva.

De acordo com o GE, a Conmebol agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro e à CBF por “abrir as portas desse país” para o “evento esportivo mais seguro do mundo”. A entidade pretende usar alguns estádios pelo país – como os de Rio de Janeiro e Brasília – e também prevê uma final com a presença do público na arquibancada. É válido ressaltar que já são mais de 460 mil as vidas perdidas para o coronavírus no Brasil, enquanto a média móvel do número de mortos chegou a 1844 nos últimos sete dias.

Continua depois da Publicidade

Por tudo isso, Luis Roberto ficou irado em saber que a grande competição acontecerá por aqui mesmo com esse cenário delicado que vivemos. “Que alegria… Só que não. Isto é uma vergonha”, iniciou o jornalista. O narrador argumentou que não haveria necessidade de acontecer mais um campeonato dessas proporções. “Essa Copa América fora de hora, que já não deveria ser realizada, claro, a pandemia interrompeu várias competições mundo a fora. E obviamente neste momento, com o calendário todo estrangulado no Brasil e em outros países do continente, a Copa América é só mais um torneio caça-níquel, sem nenhuma expressão nesse momento”, afirmou.

Luis Roberto Copa America2
Luis Roberto soltou o verbo ao criticar a decisão de trazer a Copa América ao Brasil. (Foto: Reprodução/SporTV)

Na sequência, ele recordou a Copa América 2019, que também aconteceu no Brasil, mencionando que a próxima edição não terá a mesma importância que a daquela época. “A última, que foi disputada no Brasil, teve sua relevância, teve sua atmosfera. Estou falando da questão esportiva. Além de desfalcar os times, de absolutamente amontoar o calendário, um mês de Copa América. Já seria ridícula a realização dela em condições normais”, alegou.

Então, Luis foi subindo o tom ao indignar-se pelo fato de que o governo rapidamente aceitou essa proposta, enquanto levou meses para responder às propostas que garantiriam milhões de vacinas ao Brasil ainda no ano passado. “Aí vem a notícia da desistência de vários países irmãos, que não têm condições de realizar a Copa América por conta da pandemia. No país que tem a pandemia descontrolada, que levou nove meses para responder a carta da Pfizer, respondeu em dez minutos que vamos fazer a Copa América”, disparou ele.

Continua depois da Publicidade

“Abertura em Brasília, jogos em Natal, Pernambuco, final com público?! Não é possível, é inaceitável! A sociedade brasileira, a coletividade do futebol e do esporte, nós não podemos aceitar essa decisão”, esbravejou o narrador. Ele ainda concluiu, com todo o sarcasmo: “Que se realize, que eles façam o que bem entenderem, que os negacionistas façam caravanas agora à Brasília, para público da grande final, momento apoteótico dessa porcaria dessa competição! […] É uma vergonha, é um tapa na cara dos brasileiros”. Luis finalizou dando um tapa de verdade em seu próprio rosto.

Assista ao vídeo abaixo:

Após o episódio, o apresentador André Rizek desmentiu as críticas de que Luis Roberto só estaria incomodado porque a transmissão da Copa América será feita pelo SBT, e não pela Globo. “Não deveria ter Olimpíadas, não deveria ter Copa América. Tô nem aí para quem vai transmitir. Não deveria ter competição internacional desse tamanho. Como jornalista, vou cobrir essas e quaisquer competições que aconteçam. E seguir dando minha opinião sobre elas: não deveria ter”, deixou claro.

Ministro afirma que Brasil ainda está nas “tratativas” sobre a Copa

No fim do dia, Luiz Eduardo Ramos, o Ministro da Casa Civil, veio a público para dizer que a Copa América no Brasil ainda não está confirmada. De acordo com o UOL, ele mencionou que as tratativas ainda estão em andamento e falou que, caso a competição ocorra, os estádios não receberão público. Outra condição é a de que todos os atletas sejam vacinados.

Continua depois da Publicidade

“É importante destacar que esse evento, caso se realize, não terá público. Tem saído algumas notícias com relação ao público. No momento, são dez times, no máximo, já foi acordado nessa reunião com a nossa presença, e a CBF por videoconferência. São 10 times com dois grupos, 65 pessoas por delegação. Todos vacinados. Foi a imposição que tratamos com a CBF. Não há documentos assinados, apenas tratativas. Inclusive a seleção brasileira, também será vacinada”, afirmou ele. “As sedes serão de responsabilidade da CBF, e de acordo com as escolhas, eles irão tratar com os estados”, acrescentou.

Web apoia fala de Luis Roberto e critica Copa América no Brasil

Pelas redes sociais, as falas de Luis representaram as vozes de muita gente e o jornalista foi apoiado por diversas personalidades. “Parabéns, Luís Roberto, precisamos de vozes indignadas!”, disse Zélia Duncan. “Sem mais… Obrigada pela lucidez, Luís Roberto”, comentou o perfil de Elza Soares. Enquanto o professor João Gabriel Prattes lembrou do bordão do narrador: “Golaço! Sabe de quem? Dele: Luís Roberto. É isso!”.

Na web, também foram muitas as críticas à decisão da Conmebol e à autorização do governo federal. Diversos internautas manifestaram suas queixas à realização desse torneio de grande porte aqui no país. Muitos usaram memes para pontuar que os mascotes da competição seriam imitações de vírus, enquanto as partidas mesmo seriam de qual variante do coronavírus levava a melhor… Isso é que é 7×1.

Confira as reações abaixo:

Continua depois da Publicidade

Continua depois da Publicidade