Após comentário racista sobre atleta, jornalista grego causa revolta na web e é demitido. (Reprodução ERT/Youtube)

Olimpíadas: Após comentário racista sobre atleta, jornalista grego causa revolta e é demitido; saiba detalhes

Um evento como as Olimpíadas, que era pra divertir os espectadores, também pode causar revolta. Dimosthenis Karmiris, jornalista grego, foi desligado da rede pública ERT, após fazer um comentário racista sobre atletas asiáticos no tênis de mesa. O episódio aconteceu na segunda-feira (26), enquanto o comentarista cobria a partida entre Jeoung Young-sik, da Coreia do Sul, e Panagiotis Gionis, natural da Grécia.

Dimosthenis foi questionado sobre as habilidades do atletas sul-coreanos, ao que ele respondeu: “Coreanos não jogam tênis de mesa”. No entanto, o problema maior foi quando ele justificou a sua resposta. “Os olhos deles são estreitos, então não consigo entender como eles podem ver a bola se movendo para lá e para cá”, adicionou. Jeoung ganhou a partida contra Gionis por 4 a 3, mas perdeu para o chinês Fan Zhendong nas quartas de final e está fora dos Jogos de Tóquio.

Jeoung Young-sik foi eliminado nas quartas de final das Olimpíadas. (Foto: Reprodução/Youtube)
Jeoung Young-sik foi eliminado nas quartas de final das Olimpíadas. (Foto: Reprodução/Youtube)

A ERT, emissora que o jornalista trabalhava, emitiu um comunicado sobre a polêmica. “Comentários racistas não têm lugar na televisão pública. A colaboração entre a ERT e Dimosthenis Karmiris foi encerrada hoje, imediatamente após o programa matinal”, disse a nota.

Continua depois da Publicidade

O comentário causou revolta nas redes sociais. Ao compartilhar o vídeo do momento, um perfil do Twitter escreveu: “É 2021 e é isso que um apresentador na emissora estatal grega ERT comenta sobre jogadores de tênis de mesa asiáticos”. “Estes jornalistas não merecem estar na televisão nacional grega, quanto mais transmitir um evento desportivo internacional como as Olimpíadas”, disse outro. Ainda teve gente pedindo desculpa aos asiáticos pela atitude do compatriota: “Um jornalista grego foi despedido por comentário racista contra um atleta sul-coreano. Ele não representa o respeito dos gregos pelos amigos coreanos e asiáticos. Sinto muito”. Confira: