Paulo Betti Weverton Palmeiras

Paulo Betti se desculpa após comparar Weverton, do Palmeiras, a goleiro Bruno; jogador desabafa

Após a vitória do Palmeiras na Libertadores, o goleiro Weverton celebrou e agradeceu a Deus pelo título. Diante da cena, o ator Paulo Betti comparou o jogador ao goleiro Bruno, condenado pelo assassinato de Eliza Samúdio. A publicação do artista causou revolta na web, levando-o a se desculpar nesta segunda-feira (29). Weverton também se pronunciou e lamentou o caso.

No último sábado (27), depois da acirrada partida contra o Flamengo, Weverton expressou sua fé ao falar ao vivo na TV, grato por saírem campeões do torneio e levarem a taça. “Hoje, diante de tanta adversidade, Deus nos agraciou para que não fique dúvida de quanto ele bom e nos colocou na história de um gigante. Não é fácil vencer duas Libertadores, estamos felizes por tudo”, disse o jogador.

Reação de Paulo e críticas na web

No dia seguinte, Paulo Betti resolveu se expressar sobre o assunto. O artista comparou o discurso de Weverton com as falas do goleiro Bruno. “O discurso do goleiro do Palmeiras depois do jogo, aquela falação sobre Deus quando devia estar comemorando, aquela cena dele rezando antes de começar o jogo, me faz lembrar do goleiro Bruno, que rezava antes do jogo e depois ia matar a moça e jogar pros cães. Explica muito o Brasil”, escreveu o ator em seu Twitter. Posteriormente, a publicação foi excluída e o perfil foi fechado.

Continua depois da Publicidade

Ainda assim, o caso deu muito o que falar nas redes sociais, figurando entre os assuntos mais comentados. “Nossa, mas aqui o Paulo Betti quis lacrar e acabou sendo um completo babaca. Como que faz uma comparação dessas?”, escreveu uma internauta no Twitter. “Paulo Betti foi muito mal com o Weverton. Fez uma comparação absurda, desrespeitosa e agressiva! É preciso respeitar a fé de cada um, mas essa agulhada todos sabem que tinha no fundo um viés político”, opinou o jornalista Benjamin Back, do SBT.

Até mesmo fãs de Paulo ficaram surpresos com as declarações. “Também achei o discurso do Weverton exagerado. Porém, mencionar que Weverton trouxe à lembrança o Bruno é ir muito além da racionalidade e uma grande grosseria. Te admiro muito, Paulo Betti, mas você errou feio”, afirmou o seguidor Claudio.

Weverton aponta intolerância e lamenta episódio

Na manhã desta segunda (29), Weverton desabafou sobre o caso em entrevista ao UOL Esporte. O atleta defendeu sua crença e lamentou o que considerou como intolerância por parte do ator. “Eu nunca sofri esse tipo de intolerância. Eu jamais posso aceitar e jamais vou me calar. Acho que deve existir respeito. Eu tenho a minha crença, eu acredito em Deus e acredito na bondade de Deus”, afirmou ele.

Continua depois da Publicidade

O jogador do Palmeiras ressaltou que esses discursos são parte de sua rotina em campo. “Quem me conhece e acompanha sabe que eu falo de Deus não só nas vitórias. Toda vez que o time ganha, perde ou empata, eu sempre me ajoelho e agradeço a Deus. Lógico que nas vitórias as pessoas te dão mais voz, deixam você falar muito mais do que nas derrotas, isso faz parte do processo”, contou.

Weverton deixou claro que não quer guardar mágoas e que perdoa o ator. “O Paulo sabe que foi infeliz na declaração dele, principalmente por tentar me comparar com outras pessoas, isso não se faz. Mas faz parte, não tenho rancor e perdoo ele. Eu posso falar que ele não sabe o que ele diz, está totalmente equivocado”, disse ele.

Entretanto, o goleiro pontuou que isso não o silenciará: “Isso jamais vai me calar naquilo que acredito. Então tem que haver respeito: eu posso falar daquilo que acredito, você pode falar daquilo que acredita. Fico feliz porque fiz aquilo que estava no meu coração. Quanto a ele, ele sabe que errou, mas eu desculpo e perdoo, sem problema nenhum”.

Continua depois da Publicidade

Paulo Betti pede perdão e reconhece erro

Com toda essa história, Paulo Betti assumiu que foi “infeliz” ao fazer a postagem. Após ser procurado pelo site F5, o intérprete de Téo Pereira em “Império” pediu perdão. “Queria me desculpar com ele [Weverton], foi uma postagem infeliz. Peço desculpas a todos que se ofenderam, não queria ofender ninguém. Respeito muito a sua fé”, afirmou o artista.

Assets Fotos 13 316512
Paulo Betti reconheceu que foi infeliz ao falar sobre o goleiro Weverton. (Foto: Globo/Paulo Belote)

Betti contou que tem sido procurado e alertado sobre como seu discurso no Twitter foi ruim. O ator alega ter se desculpado pessoalmente com todos que apontaram isso. Por fim, ele ainda parabenizou Weverton e o Palmeiras pela segunda vitória consecutiva na Libertadores – a terceira na história do clube. “Quero cumprimentar o goleiro pelo título. É melhor reconhecer [quando erramos]. Fui infeliz. Peço mais uma vez 1.000 desculpas”, concluiu ele, que também se desculpou ao falar com a reportagem do UOL.