Fotojet

Alec Baldwin chora e faz revelação surpreendente em primeira entrevista na TV desde a morte de Halyna Hutchins: “Eu não puxei o gatilho”; assista

Novos esclarecimentos… No dia 21 de outubro, Alec Baldwin viveu um grande pesadelo no set de filmagem do longa “Rust”, após um tiro acidental matar a diretora de fotografia Halyna Hutchins e ferir o diretor Joel Souza. Nesta quinta-feira (2), o ator vai falar pela primeira vez de forma oficial a respeito de tudo que aconteceu naquela fatídica tarde em entrevista para o canal norte-americano ABC. Em um dos trechos divulgados da conversa, o astro revelou que nunca acionou o gatilho, principalmente em direção aos seus colegas de trabalho.

No dia 30 de outubro, o ator já tinha concedido sua primeira entrevista informal sobre o assunto, depois de ser “emboscado” por paparazzi. Visivelmente irritado com a abordagem dos profissionais, Alec falou da relação com Halyna Hutchins e sua família, mas evitou comentar qualquer informação sobre as investigações, segundo ele, por ter sido proibido pelas próprias autoridades encarregadas de apurar tudo o que aconteceu.

Para a ABC, Baldwin concedeu detalhes inéditos da história, inclusive, declarando que ele não atirou contra a diretora de fotografia. Na ocasião, o jornalista George Stephanopoulos tinha lembrado ao ator que, no roteiro daquela cena que estava sendo ensaiada, não existia nenhum tiro previsto. “Bem, o gatilho não foi puxado. Eu não puxei o gatilho”, afirmou o ator. “Eu nunca apontaria uma arma para eles e puxaria o gatilho, nunca”, destacou na sequência.

Halyna Hutchins Amigo Alec Baldwin
Halyna Hutchins caiu nos braços de seu amigo eletricista-chefe, Serge Svetnoy, enquanto Alec Baldwin e o resto da equipe ficaram em choque. (Fotos: Reprodução/Facebook; Getty)

Continua depois da Publicidade

O artista também não soube como responder como uma bala real foi parar dentro da arma utilizada no set de gravação, e deu um tom ainda mais misterioso a respeito do que teria acontecido. “Não tenho ideia [de como foi parar ali]. Alguém colocou uma bala real em uma arma, uma bala que nem deveria estar na propriedade”, afirmou. Alec também contou que essa tragédia foi a pior coisa que tinha acontecido com ele. “Porque eu olho pra trás e fico pensando no que eu poderia ter feito”, disse.

A entrevista também promete ser bem emocionante. Na prévia, é possível ver Alec Baldwin chorando ao falar de Hutchins, uma pessoa que ele considerava como sua amiga pessoal. “Ela era uma pessoa que era amada por todos que trabalhavam com ela, e admirada. Mesmo agora, eu ainda acho difícil acreditar. Não parece real para mim”, desabafou.

Continua depois da Publicidade

Ainda não é possível saber na íntegra o que Alec Baldwin explicará a respeito do tiro acidental, já que a prévia da entrevista disponibilizou apenas alguns trechos principais. O TMZ conversou com o expert em armas Steve Wolf, que chegou a demonstrar um disparo numa arma semelhante a que foi usada no set de “Rust”. Para o profissional, quando o ator diz que não atirou em Halyna Hutchins, ele acredita que “não quis atirar intencionalmente”. Na simulação de Wolf, é possível ver que qualquer pequena quantidade de pressão no gatilho pode causar o disparo, mas sugerir que o dedo sequer estivesse no gatilho “seria ridículo”. Assista ao vídeo da demonstração clicando aqui.