Diretor Dave Halls Alec Baldwin

Alec Baldwin: Diretor assistente que entregou arma a ator já foi demitido por caso parecido; saiba detalhes

O diretor assistente do filme “Rust”, Dave Halls, foi quem entregou para Alec Baldwin a arma que causou a morte de Halyna Hutchins, de acordo com a polícia. Contudo, nesta segunda-feira (25), novos relatos mostraram que não é a primeira vez que algo assim acontece com ele. Segundo a CNN, Halls já havia sido demitido por um acidente parecido, que deixou uma pessoa ferida.

A empresa Rocket Soul Studios revelou à emissora norte-americana que desligou Halls em 2019, quando ele trabalhava na produção do filme “Freedom’s Path”. Na época, uma arma “disparou inesperadamente” no set de filmagens e um membro da equipe de som “se retraiu com a explosão”. O profissional ferido foi avaliado ainda no local, teve de passar por um tratamento médico e só retornou à produção dias depois. Como consequência, o diretor assistente teve de ser afastado: “Halls foi retirado do set imediatamente e a arma cenográfica foi descarregada. A produção não voltou até que Dave estivesse fora do set”.

Dave Halls Diretor1
O diretor assistente Dave Halls já foi demitido por outro episódio envolvendo um disparo de arma num set. (Foto: Reprodução)

Pouco depois, veio a demissão. “No final da produção no dia, Dave Halls foi oficialmente demitido e a razão da demissão foi dada a ele. Dave estava muito arrependido pelos acontecimentos, e entendeu o motivo de ser demitido. Um novo assistente de direção, assim como um novo especialista em armas foi contratado para o período principal das filmagens. A produção do filme terminou com sucesso”, relatou a companhia.

Continua depois da Publicidade

Desrespeito com protocolos de segurança seriam frequentes

Colegas de Halls relataram uma série de atitudes inadequadas por parte dele, como um suposto desrespeito aos protocolos de segurança em relação a equipamentos perigosos em cena, bloqueio de saídas de incêndio e quando algum membro da equipe se feria. Tudo isso sem falar de depoimentos que alegam um comportamento sexual impróprio dele com colegas.

Alec Baldwin Halyna
O responsável por entregar a Alec Baldwin a arma que matou Halyna Hutchins tem um histórico de denúncias de desrespeito a protocolos e importunações sexuais. (Fotos: Getty)

Segundo Maggie Goll, que trabalhou com Halls na série “Into the Dark”, ele teria negligenciado reuniões de segurança e sempre falhou em revelar ao elenco que havia uma arma de fogo no set, algo que o protocolo estabelece. A pirotécnica licenciada alega que ele só fazia isso por exigência do responsável pelos objetos. Halls também teria recebido “puxões de orelha” por permitir que atores circulassem com esses equipamentos em mãos, ou por não anunciá-los.

Continua depois da Publicidade

“Em uma ocasião, um pirotécnico licenciado chegou a sofrer um acidente durante filmagens e Halls pediu que a gravação continuasse”, contou Maggie. “Eu disse a ele que eles eram livres para filmar o que quisessem, mas que não haveria fogo ou faíscas, até que o médico, o oficial de segurança contra incêndios e todos os meus companheiros estivessem em segurança no set”, relatou a profissional. Um ex-colega ainda afirmou que Dave teria reclamado por terem de inspecionar uma arma para uma cena em que uma atriz a apontaria para a cabeça e puxaria o gatilho.

Acusações de assédio

Goll ainda recorda que, no mesmo ano de 2019, já ouviu relatos de assédios envolvendo Halls. Colegas teriam dito que ele fazia toques “indesejados e desnecessários” em indivíduos de todos os gêneros e departamentos. A postura teria deixado pessoas desconfortáveis no set de filmagens da série. A pirotécnica conta que nada foi feito, apesar de ela ter ligado para a linha de segurança da produção, de ter reclamado pessoalmente com executivos da Blumhouse Productions, e mesmo tendo informado o Directors Guild of America (DGA) sobre a insegurança local.

Procurado pela CNN, Dave Halls não se pronunciou sobre as acusações. Enquanto isso, o eletricista-chefe da equipe de “Rust” afirmou ontem (24) que a morte de Halyna Hutchins ocorreu por causa de “negligência e falta de profissionalismo”. O amigo da vítima criticou que não houve avisos sobre a situação das armas no set de filmagens e detonou a produção por ter permitido que algo assim acontecesse. Confira o relato e saiba todos os detalhes, clicando aqui.