Angélica revela ter sido atendida por veterinário enquanto estava grávida de Eva: “Me colocaram na maca de cachorro”; assista!

Um perrengue desses, bicho? Nesta terça (10), Angélica esteve no “Que História é Essa Porchat?” e relembrou de um momento inusitado durante a gravidez da filha, Eva. Após um desmaio, a loira teve de fazer um ultrassom numa clínica veterinária. Como assim, gente?!

“Eu estava grávida de seis meses da Eva. Após um dia de gravação do programa [Estrelas], o Luciano chegou em Trancoso e fomos jantar num restaurante. Comi mais do que deveria e falei, ‘Vou relaxar’. Tomei uma tacinha de vinho”, iniciou a apresentadora. Tudo ia bem, até Angel encarar um baita imprevisto: “Comecei a sentir uma coisa esquisita, começou a dar um barato… Barrigudona, comecei a ter uma visão meio turva. Desmaiei. Caí na mesa assim, meio no colo”.

Angélica acabou exagerando na comida e no vinho e teve de ser atendida por um veterinário! (Foto: Reprodução/GNT)

Mas não demorou até que Angélica fosse socorrida. “Parece que fiquei bastante tempo desacordada, com muitas pessoas ao meu redor. Apareceu um médico no restaurante e disse que era prudente ir a um hospital fazer um ultrassom urgente para ver como estava a criança”, contou. Só que nem tudo foi fácil assim! “Agora, às 23h, em Trancoso, uma clínica médica é difícil, né? Mas a produção falou, ‘A gente vai conseguir uma clínica'”, lembrou.

Foi então que eles acharam uma solução ousada. “Parou o carro e eu olhei, ‘Clínica veterinária’. Falei, ‘Legal. Aqui tem uma máquina de ultrassom. A produção conseguiu’. Aí tá ótimo, eu estava meio enjoada ainda, mas entrei na clínica veterinária. Aí me colocaram naquela maca de cachorro e veio o médico veterinário”, adicionou a eterna fada Bela. Assista aqui:

Angélica foi atendida pelo veterinário e, felizmente, estava tudo certo! “Ele fez o ultrassom e tudo estava bem com a Eva, ela estava dormindo”, comentou a apresentadora. “Mas sentindo aquele cheiro de animal, de éter, vomitei a clínica toda”, relatou a esposa de Luciano Huck. Acontece, né?! Ainda bem que não aconteceu nada demais! De qualquer forma, amamos o causo pra lá de doido… Kkk