Angelina Jolie retira sobrenome de Brad Pitt após ser declarada oficialmente solteira, diz site

Depois do luto, a superação… A atriz Angelina Jolie parece estar determinada a seguir em frente com sua vida após o divórcio com Brad Pitt, e tomou uma atitude importante nesta semana. O casal, que se conheceu nos bastidores do filme “Sr & Sra Smith” em 2004, chocou o mundo com o anúncio do fim do casamento em 2016.

Segundo documentos obtidos pelo The Blast nesta segunda-feira (15), a intérprete de Malévola oficializou a retirada do sobrenome “Pitt” e voltou a usar seu nome de solteira. A decisão veio uma semana após a justiça dissolver o status do relacionamento e declarar que os astros eram solteiros novamente. Na semana passada, o The Sun chegou a divulgar que Angie teria tentado a reconciliação.

Ao The Blast, uma fonte teria dito que a decisão de Jolie veio de um conselho que alertava sobre a necessidade que os dois se “separassem emocionalmente e começassem suas novas vidas solteiras“.

Angelina Jolie e Brad Pitt. Foto: Getty.

Nos tribunais, o ex-casal segue com o processo de divisão dos bens milionários, mas já respiram aliviados por terem conseguido chegar a um acordo de custódia dos seis filhos, Maddox, 17 anos, Pax, 15, Zahara, 14, Shiloh, 12 e Vivienne e Knox, de 10. A disputa durou dois anos com vários altos e baixos.

Desde o divórcio, em 2016, o casal teve muitos conflitos. Quatro semanas após o término do casamento ser anunciado, Brad foi investigado pelo FBI e pelo Serviço Social por alegações de que ele teria brigado fisicamente com Maddox enquanto estava bêbado, durante viagem em um jatinho particular. No entanto, as acusações foram abandonadas. Após um longo período de brigas entre os astros sobre a separação, os advogados de Angelina também acusaram Brad de não pagar uma pensão justa para os filhos durante dois anos. No entanto, o time jurídico de Brad afirma que ele pagou 1,1 milhão de libras durante este tempo.

Tomara que tudo seja resolvido logo, pelo bem das crianças.