Anitta se pronuncia sobre cena de documentário em que dá bronca em sócios: “Infelizmente é real” — assista

A série documental “Anitta: Made In Honório”, que segue os passos da nossa malandra em alguns momentos importantes de sua carreira, está dando o que falar! Logo na estreia, na madrugada desta quarta-feira (16), a produção da Netflix causou uma agitação nas redes sociais. Um dos principais assuntos comentados é a revelação chocante de Anitta, que contou ter sido estuprada na adolescência. Outro detalhe que não passou despercebido foi o trecho em que ela aparece ao telefone xingando alguém que parece ser de sua equipe.

Diante da polêmica, a cantora usou seu Instagram nesta quinta-feira (17) para comentar sobre o assunto. “Infelizmente [a cena] é real. Eu falei que na série eu mostrava qualidades e defeitos. Nessa cena, não são funcionários meus que estou falando, são meus sócios. São as pessoas que tenho para sair de mim, extravasar. São meus sócios há mais de sete anos”, começou ela, explicando que “nesse negócio, a culpa acabou caindo para mim”. Mas que não foi bem assim a história.

“Eles inventaram um negócio de última hora, a gente não podia falar tanto do que realmente foi. Porém a culpa caiu para dentro de mim, mas tudo bem!”, declarou.

Continua depois da Publicidade

Além disso, em seus Stories, ela também falou a respeito de um dos episódios ter ficado indisponível. “Para algumas pessoas, o episódio quatro da série desapareceu. Eu tinha vazado um telefone, ninguém tinha percebido. Rola isso de informações, coisas de leis… Enfim. Eles editaram para borrar o número de telefone. Sumiu por um tempo e depois voltou. Já está no ar de volta”, contou.

Na cena polêmica em questão, que aparece no quinto episódio, Anitta fica muito irritada com um problema envolvendo o figurino de sua apresentação no Rock in Rio 2019. Em certo momento, ela liga para seus sócios e dispara: “Eu tô cansada dessa palhaçada, toda vez é a mesma coisa. Ninguém deixa o André [Philipe, figurinista] trabalhar, aí depois eu me fodo”.

“Quando eu chego aqui, não tem nada pronto. Quem resolve? Eu! Que enfio uma tora no meu c* e tenho que fazer sozinha! Agora eu quero falar pra vocês que eu vou enfiar no de vocês. Porque toda vez vocês falam que eu sou grossa, que eu sou escrota, então eu sou mesmo”, reclamou.

A postura dela não foi bem vista por muitos internautas. Antes de Anitta explicar que estava falando com seus sócios, ela recebeu várias críticas e até acusações de assédio moral. “Estamos em 2020, não existe patrão tratar funcionários dessa forma, não há glamour nenhum em assédio moral”, escreveu um usuário no Twitter. Confira a repercussão: