Após contrair Covid-19, Idris Elba sugere quarentena anual para “lembrar” pandemia de coronavírus; entenda!

O ator Idris Elba viveu uma das experiências mais “assustadoras, perturbadoras e nervosas” de toda sua vida ao contrair a Covid-19. Em entrevista ao jornal The Independent nesta semana, o artista falou sobre o período difícil e sugeriu uma forma para a humanidade nunca esquecer tudo que está acontecendo.

“Eu acho que o mundo deve tirar uma semana de quarentena todos os anos apenas para lembrar dessa época. Lembrar um do outro. Eu realmente acho isso”, refletiu. O astro comparou que essa semana seria como um tempo para “hibernar” e pensar como precisamos viver de forma mais harmoniosa. “O mundo não funciona no seu calendário”, observou.

No final do mês de março, Idris e sua esposa Sabrina Dhowre confirmaram que seus testes para o coronavírus deram positivo. Os dois já estão curados. Isolados no Novo México, o casal está disposto a se engajar em uma causa humanitária para ajudar o próximo, mesmo que a distância.

Idris Elba e Sabrina Dhowre participaram do festival “Together At Home”, reunindo diversos artistas com o intuito de arrecadar dinheiro para o combate ao coronavírus. Foto: Getty

Os dois foram nomeados embaixadores da Boa Vontade da ONU e se uniram ao Fundo Internacional das Nações Unidas para o Desenvolvimento Agrícola, que irá arrecadar US$ 40 milhões (R$ 218 milhões) para ajudar e apoiar agricultores e produtores de alimentos em áreas rurais durante a pandemia do novo coronavírus. “Imagine você estar em uma vila onde ninguém sabe o nome ou sobre a população, e viver em uma casa onde há um quarto e seis de vocês moram ali, pensar em distanciamento social é quase ridículo”, falou o ator.

Embora tenham ficado assustados com o diagnóstico, os dois não apresentaram nenhum sintoma. Elba descobriu que tinha contraído a Covid-19 após ter contato com uma pessoa que também estava doente. “Tivemos muita sorte de sermos testados tão rapidamente, devido à escassez de teste. Mas a meu ver, fazer o teste foi a melhor coisa, porque eu estaria cercado de muitas pessoas começando a gravar o filme”, contou o ator para Oprah Winfrey.