Após divórcio, Adele desembolsa fortuna e compra mansão bem em frente à casa do ex-marido; veja imagens

Você quer ryqueza e superação? Adele tá aí de exemplo! Kkkk Parece que a diva tirou o escorpião do bolso e comprou uma mansão chiquérrima em Beverly Hills, Califórnia, no valor de US$10,65 milhões (cerca de R$43,6 milhões). Ai, meu rim! Detalhe: o imóvel fica bem de frente para a casa de seu ex-marido, Simon Konecki. Eita!

De acordo com o jornal Daily Mail, a casa construída nos anos 60 e, recentemente adquirida pela cantora, tem cinco quartos, seis banheiros, além de um escritório, um estúdio de arte, uma sala de artesanato, biblioteca e academia… Praticamente um hotel, dentro dos 561 metros quadrados da propriedade! Ao que indica a fonte, a compra foi feita ainda em maio, mas somente divulgada agora.

Mesmo tendo seu ex como vizinho, a voz de “Hello” foi conquistada pelos pontos positivos do casarão, que tem um super closet no quarto principal, uma área de descanso com lareira e um terraço com piscina. O bom dessa história, é que Angelo, o filho do casal que se separou em 2018, estará sempre bem pertinho de seus pais. O jornal ainda afirmou que esse teria sido um fator decisivo na escolha do local.

Na foto abaixo podemos ver as duas casas, uma de frente pra outra. A branca é a de Adele e a marrom, de Simon. O bairro também conta com propriedades de estrelas como Jennifer Lawrence, Katy Perry, Cameron Diaz, Ashton Kutcher, Mila Kunis, Penélope Cruz, Javier Bardem e Nicole Kidman. Uma galera interessante pra ir pedir uma xicarazinha de açúcar emprestada, né?

“Never mind, I’ll find a house near youuu” (Foto: www.thisischriswhite.com )

A compra ocorreu cerca de um mês depois de representantes da artista confirmarem o término do relacionamento de sete anos juntos e dois de casados. “Adele e seu parceiro se separaram. Eles estão comprometidos em criar seu filho juntos de forma amorosa. Como sempre, eles pedem privacidade. Não haverá mais comentários”, dizia o comunicado.

O site The Blast anunciou ontem (16) que Simon concordou com o pedido de guarda compartilhada de Angelo, quatro dias após o pedido de divórcio. Segundo a publicação, Konecki declarou, em nota, que todos os assuntos financeiros envolvendo o fim do casamento deveriam ser tratados como “mediações privadas”.

Por fim, insiders afirmaram que mãe de Angelo estaria disposta a pagar as finanças do processo judicial e indicou que ela teria elaborado um acordo de custódia. O casal segue com os planos de “permanecer amigável ​​por causa de seu filho”. Adele e Simon não fizeram um acordo pré-nupcial e a fortuna da estrela é estimada em US$182 milhões (aproximadamente R$740 milhões).

Relembre o caso:

Adele e Simon se conheceram em 2011, um ano depois tiveram seu primeiro filho, Angelo, de seis anos de idade. Em 2016, os dois se casaram secretamente e a cantora chegou a descrever o amado como o “homem perfeito!“. Em entrevista ao U.K. Times, alguns especialistas deram sua opinião sobre os possíveis rumos da separação, que aconteceu em abril.

O que foi feito durante o casamento é provável que seja dividido em uma base igual. Não importa quem fez o quê ou quem contribuiu com o quê“, disse Sandra Davis, uma das advogadas que representou a princesa Diana em seu divórcio. Já Suzanne Kingston, advogada especializada em direito de família, diz que é improvável uma divisão de 50%. “Ela pode alegar que seu talento é efetivamente mais genial em relação ao dele, o que significa que o marido teria direito a menos“, afirmou. Já pensou esse paju no tribunal? Tenso!

Adele chegou afirmar à revista Vanity Fair em 2016, que ser rica nunca foi uma questão para ela, o que tem aumentado os rumores de que, de fato, ela não se preocupou com um acordo. “Eu não vim do dinheiro. Isso não é uma parte importante na minha vida“, declarou na época.

Segundo o Mirror, o casal já enfrentava problemas há um bom tempo, mas se afastou definitivamente no Natal do ano passado. Uma fonte chegou a afirmar ao Sunday People que “havia rachaduras no relacionamento e as coisas já tinham quebrado há um tempo“.

O jornal afirmou ainda que Adele, viajando cada vez mais para os Estados Unidos, encontrou apoio em suas amigas famosas, como Jennifer Lawrence e Emma Stone. “Ela encontrou um novo e excitante círculo social em Los Angeles e Nova York de mulheres fortes de Hollywood que a amam por seu humor e por seus costumes. Jennifer especialmente se uniu a Adele nos últimos 15 meses e elas se tornaram grandes companheiras“, revelou o informante.

O motivo para o fim da história de amor seria a distância física de Simon que teria decidido se dedicar à sua empresa que estava crescendo e, por isso, vivia viajando o mundo e ficando longe da família. “Eles tinham um relacionamento não convencional que havia funcionado por tanto tempo. No final, eles mal estavam juntos e assim se encerraram“, finalizou a fonte ao Mirror.