Após quatro meses, Whindersson Nunes volta ao Youtube, fala de vida pós-separação e faz piada com música de Luísa Sonza e Vitão: “Quebrei o clima”; Assista

Quatro meses após seu último vídeo, Whindersson Nunes voltou ao Youtube nesse domingo (02). Na nova gravação, o humorista debateu sobre as vantagens e desvantagens do dinheiro e da fama, e ainda aproveitou para fazer uma piada com o término de seu casamento com Luísa Sonza, fazendo uma referência à música dela com Vitão, “Flores”.

Logo no começo do vídeo, gravado dentro do seu closet, Whindersson já falou sobre a separação, mas acabou sendo interrompido por um chinelo que caiu em suas costas. “Dinheiro traz felicidade? Traz, eu não vou mentir pra você não. Porque se eu não tivesse dinheiro hoje, eu tava na m*rda. Não é por nada, mas é que situações de final de relacionamento você fica…”, declarou ele.

A referência à ex-esposa veio alguns minutos depois, quando ele revelou que já estava conversando com outras mulheres desde o término, no final de abril. “Não consigo passar uma situação sem fazer piada. A primeira menina que fui conversar depois que fiquei solteiro ela disse: ‘Qualquer dia eu tô na sua casa, quer que eu leve alguma coisa?’. Aí eu disse: ‘Só não me traga flores’. Quebrei o clima”, brincou sobre a canção.

A parceria de Luísa Sonza com Vitão, lançada em junho, gerou um ataque de ódio para a cantora, especialmente pela intimidade dela com o cantor dois meses após a separação. No clipe, a dupla protagoniza cenas de tirar fôlego, já que interpreta um casal super apaixonado, e a letra fala sobre romantismo e o “vuco vuco” debaixo das cobertas.

Diante dos ataques, Whindersson até chegou a defender a ex online. “Também quero deixar claro que não compactuo com nenhum tipo de hate. A tristeza dos outros me entristece, não vejo justiça em julgar, se você gosta de mim ou for meu amigo, não participe desse tipo de coisa”, pediu no Twitter.

No vídeo publicado ontem, o humorista, que está lidando com várias suposições sobre seu novo relacionamento, refletiu sobre a fama. “Esse é o problema. Eu acho que eu não seria famoso porque não dá pra fazer as coisas normais do povo. Eu virei uma estrela pop. Não pode fazer nada que o povo bate uma foto do cara. Eu virei a Manu Gavassi”, comparou.

“Eu sou estrela pop agora, mas eu só queria ser rico antes. O meu pensamento era esse. Aí consegui as coisas, fiquei famoso e meu coração não me deixa agir feito otário. Então não consigo ir nem num cabaré que com 15 minutos eu viro amigo da rapariga e tô levando ela pra resolver os problemas que ela tem com o pai dela”, exemplificou o youtuber.

No entanto, ele refletiu que a fama ajudou a levantar questionamentos sobre a beleza dele. “‘O Whindersson é bonito ou é feio?’. E aí, meu amigo, o que eu mais me orgulho em mim é que a minha maior certeza é que eu sou uma incógnita. Não é o Brad Pitt ou o Cauã Reymond que você olha e fala ‘certeza que ele é lindo’. Me coloca na Faria Lima, [eu sou] criticado e humilhado pelos padrões da sociedade, agora me bota saindo do mar, você até pensa coisas…”, ponderou.

Whindersson refletiu sobre dinheiro e fama em seu novo vídeo (Foto: Reprodução/Youtube)

Além da aparência física, Whindersson apontou que aprendeu mais sobre a vida após ficar rico. “Você vai me analisar rápido e pensar: ‘Esse menino morava onde não tinha água nem luz e hoje ele tem não sei quantos milhões. Ele tem noção da vida’. E é exatamente isso, cara. E não é de agora que eu tô assim porque as coisas tão fáceis pra mim, não. Porque eu sei que tão e às vezes eu sinto como se em outra vida eu tivesse pedido muito pra ser rico e famoso. Parece que eu quis muito isso. E hoje eu tô provando de tudo isso e tô parando pra prestar atenção e ver que é muito bom”, declarou ele na reflexão.

Por fim, o youtuber agradeceu o apoio, falou sobre seus novos e futuros projetos e explicou por que decidiu lançar o vídeo depois de tanto tempo. “Esse vídeo eu fiz porque eu tava com vergonha de ter completado 40 milhões de inscritos e não ter vídeo aqui. Peço desculpas por não fazer vídeo, mas é que minha vida tá tão boa que você desinteressa. Agora se estivesse passando fome nas quitinetes no Piauí tava gravando três por dia. Brigando com Rezende pra ver quem faz mais”, concluiu.

Assista: