Após sofrer complicações da Covid-19, Nick Cordero precisará de transplante duplo de pulmões, diz esposa do ator; saiba os detalhes

E a luta de Nick Cordero pela vida continua… Diagnosticado com o novo coronavírus em março, o ator da Broadway segue na UTI, após 92 dias internado em estado grave. O artista enfrentou uma infecção no pulmão e sofreu complicações sérias, que acarretaram na amputação de uma de suas pernas.

Em entrevista ao programa “CBS This Morning”, Amanda Kloots, esposa de Cordero, disse que ele pode precisar de um transplante duplo de pulmões. “Há 99% de chance de precisar de um transplante para o meu marido poder viver o tipo de vida que eu sei que gostaria. Há uma longa jornada pela frente. Entretanto, muitas coisas precisariam se acertar para que ele pudesse se candidatar a um transplante”, afirmou a empresária, mencionando o estado frágil de saúde do marido.

Em seguida, a dançarina ressaltou o quão guerreiro Nick é.“Os médicos me disseram quatro vezes que meu marido não sobreviveria. Às vezes até, que ele não passaria daquela noite, mas ele sobreviveu. Enquanto ele estiver ali lutando, eu também estarei”, assegurou.

No dia 19 de junho, Kloots fez sua primeira visita pessoalmente ao amado, depois de meses sem vê-lo. “Ele está estável. O corpo do Nick está completamente fraco, porque os músculos atrofiaram, então ele não consegue se mexer. Ele ainda consegue abrir os olhos, e quando está acordado, responde aos comandos, perguntas de ‘sim ou não’, olhando para cima ou para baixo”, explicou.

“Quando lhe pergunto alguma coisa, ele tenta sorrir ou mover a mandíbula. As enfermeiras dizem que ele tenta responder minhas perguntas melhor! Eu vou vê-lo todos os dias. Eu só queria pular na cama e abraçá-lo, apertá-lo, beijá-lo, mas temos que ter muito cuidado. Ele está cheio de ‘cabos’. Então eu só seguro a mão dele, e espero pelo dia que ele vai segurá-la de volta”, completou, com um sorriso no rosto.

A jornada de Cordero

Diagnosticado com Covid-19 no início de abril, Nick Cordero sofreu complicações que resultaram na amputação de sua perna direita. Desde o dia 30 de abril, o artista estava em coma. No dia 12 de maio, Amanda anunciou que ele finalmente estava acordado e consciente. “Ele está muito fraco, então até abrir os olhos é uma luta pra ele… mas está acontecendo. Ele está acordando! Ainda existem preocupações com outros fatores, mas essa notícia sobre seu estado mental é uma vitória!”, celebrou a dançarina, em seu texto.

Impossibilitada, até então, de visitar o amado por ordens médicas, Amanda criou uma campanha online para enviar boas vibrações a Cordero. Através da hashtag #WakeUpNick (“Acorde Nick”), ela pediu que os fãs e amigos rezassem, e enviassem vídeos dançando ao som de canções gravadas pelo artista.

Junto do filho Elvis, a loira comemorou em uma série de publicações nos Stories. “Gente, talvez tenhamos que mudar nossa hashtag, porque Nick está acordado! O papai acordou! Perguntei aos médicos se eu podia dizer isso, e sim, ele acordou! Eles apenas disseram que Nick está muito fraco por enquanto. Abrir e fechar os olhos acaba com toda a energia dele, mas ele está acordado, papai está acordado”, vibrou.

Em outra imagem compartilhada na rede social, Amanda deu mais detalhes sobre o estado delicado de saúde do marido, após o longo período de intubação: “O que nós sabemos: Nick está acordado! Ele está extremamente fraco, a ponto de não conseguir fechar a boca, mas está seguindo os comandos, o que significa que o status mental está voltando! Essa é uma longa jornada, muito longa. Mas estamos no caminho”.

– (Foto: Reprodução/Instagram)

Piora no quadro do ator

Entretanto, no final de maio, o quadro médico do ator Nick Cordero piorou. A esposa do artista usou as redes sociais para dar a notícia e pedir para os seguidores rezarem e mandarem energias positivas para ele. No dia 23, Amanda trouxe mais atualizações do estado de saúde do marido e explicou o que causou seu novo mal-estar: uma infecção no pulmão.

“Apenas um update sobre o Nick. Esta foi uma semana difícil. Nick sofreu de uma nova infecção no pulmão no começo da semana. Desde então, ele tem se recuperado aos poucos, o que é bom”, informou em um vídeo publicado nos Stories do Instagram.

Após a Covid-19, Nick Cordero teve uma nova infecção pulmonar… (Foto: Getty; Reprodução/Instagram)

“Dia a dia, hora a hora, ele está melhorando. Então, ele está aos poucos voltando para onde estava quando esta infecção chegou, e isso é bom”, explicou a mãe do bebê de 1 ano. “Nós apenas esperamos que ele possa parar algumas medicações e que possamos diminuir algumas configurações nas máquinas. Neste momento, nós estamos buscando vitórias pequenas, lentas e firmes para mantê-lo descansando e se recuperando”, completou ela.

“Eu estou muito orgulhosa do Nick. Estou realmente orgulhosa do quão forte ele é, do que ele passou e sua força de vontade. Eu estou apenas muito, muito orgulhosa dele”, declarou Kloots sobre o ator de 41 anos. “Eu estou exausta, física, emocional e mentalmente. Essa é a aventura mais louca de todas, mas nós estamos aqui e continuamos lutando”, desabafou ela.

Na sequência, ela mandou uma mensagem para os seus 280 mil seguidores. “Neste momento, eu quero apenas encorajar vocês a abraçarem suas pessoas amadas e falarem para eles: ‘Eu te amo’. Este é um momento difícil. Se você tem alguém passando por isso, abrace suas pessoas. Faça isso por mim, faça isso pelo Nick. Valorize cada dia”, finalizou.

Através de um post no feed, Amanda também agradeceu ao apoio que tem recebido e dividiu o que a mantém firme a cada semana. “Todo dia às 15h, nós cantamos a música ‘Live Your Life’, do Nick. Vocês se uniram a mim, torcendo para o Nick acordar e sair do ventilador de pulmão. Essa montanha-russa tem os altos mais altos e baixos mais baixos, mas com o apoio a energia que vêm às 15h vocês sempre me animam”, garantiu.

“Obrigada por cantar e dançar comigo todos os dias. Obrigada por seus pensamentos e orações, suas DMs, cartões, flores, ajuda, refeições e presentes”, agradeceu, falando novamente sobre o estado de saúde atual do marido. “Nós tivemos uma semana difícil, mas novamente o Nick nos mostrou o quão forte ele é e nós voltamos a escalar a montanha”, concluiu.