Famosos

Ataques virtuais a Meghan Markle e Kate Middleton preocupam Palácio de Kensington, que reforça medidas, diz revista

Gabriel Bastos - Publicado em 28/01/2019 às 16:21
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

Ah, gente, porque esse povo não deixa as duas em paz? Nesta segunda-feira (28), a revista britânica Hello! divulgou que uma equipe do Palácio de Kensington tem lutado contra uma grande onda de ataques virtuais às duquesas Kate Middleton e Meghan Markle. Os comentários online vão desde ‘apenas’ colocá-las uma contra a outra, até mesmo a ameaçar as duas integrantes da Família Real. Que falta de noção…

À publicação, uma fonte anônima contou alguns detalhes sobre a situação. Ela disse, no entanto, que esse tipo de controle já existia. Contudo, o nível dessa violência aumentou muito no último ano. “O Palácio sempre monitorou esses comentários, mas é uma coisa que consome um tempo enorme. Eles podem bloquear certas palavras, mas algumas das mensagens são bem sérias. Ao longo do último ano, com centenas de milhares de comentários, havia dois ou três que eram ameaças violentas!”, declarou a fonte. Olha que absurdo! Esses fatores, naturalmente, levaram a uma preocupação muito maior com a segurança. O relato continua: “Você pode deletar, reportar e bloquear pessoas, e a polícia tem opções quanto a pessoas particulares. É algo que você precisa gerenciar porque não existe outra forma de controlar isso”.

(Foto: Getty Images)

A maior parte dos comentários segue a linha de uma rixa ‘Kate x Meghan’, com muitas comparações das duas feitas pelos fãs. Alguns exemplos são de falas chamando Kate de “entediante”, ou dizendo que Meghan “força” sua gravidez apenas para chamar atenção. “Argumentos de quem está com um look mais apropriado, por exemplo, se tornam ataques pessoais a outros usuários. Isso está criando uma atmosfera super carregada e todos podem se juntar a ela, mas quais são as consequências disso?”, questionou a fonte.

Com o crescimento dessa questão, a equipe da Família Real procurou ajuda do próprio Instagram. Em busca de saber mais sobre tudo o que pode ser feito para evitar isso, uma solução foi recorrer ao time da empresa que auxilia as contas com alto número de seguidores, especificamente, para o monitoramento desses comentários abusivos. A fonte confirma: “Muitas horas têm sido gastas revisando materiais antigos e moderando comentário de posts”.

View this post on Instagram

Happy Australia Day! #AustraliaDay 🇦🇺

A post shared by Kensington Palace (@kensingtonroyal) on

Vale lembrar que a maior parte desse monitoramento tem sido feito nos perfis oficiais do Palácio de Kensington, já que nem a Duquesa de Cambridge, nem a Duquesa de Sussex utilizam redes sociais. Na época em que trabalhava como atriz, Meghan era uma usuária frequente das redes, mas abriu mão disso por conta de seu casamento com Príncipe Harry. Recentemente, o The Sun revelou que Markle tinha um perfil secreto no Instagram, porém, acabou o desativando de vez, após sentir-se insegura justamente por conta das ameaças de trolls.

*Leia também

Príncipe Charles foi responsável pela paz entre Kate Middleton e Meghan Markle, diz jornal

OMG! Meghan Markle tinha perfil secreto no Instagram; diz The Sun

Criador de “Suits” comenta rumor de que Meghan Markle teria recebido proposta milionária para uma última aparição na série