Ator de “Fina Estampa” revela que deixou o Brasil após “experiência traumática”: “Acordava à noite suando” — assista!

Que tristeza, gente… Em entrevista para o canal do YouTube de Lisa Gomes, o ator Alexandre Liuzzi, de “Fina Estampa”, revelou como uma experiência traumática em um assalto o fez deixar o Brasil. Ele, que interpretou o mecânico Joe Maluco na novela das 21h, também contou como tem “recomeçado do zero” em sua nova vida em Portugal.

O assalto à mão armada aconteceu em uma rua do Rio de Janeiro, enquanto ele buscava sua filha. “Eu fui assaltado em maio de 2016, botaram uma arma na minha cabeça, foi traumatizante, não podia ver uma moto do meu lado, acordava à noite suando, sonhando com desfechos diferentes”, recordou Liuzzi.

Alexandre Liuzzi interpretou o mecânico Joe Maluco em “Fina Estampa”. (Fotos: Divulgação/Globo; Reprodução/YouTube)

Por conta do roubo, o ator revela ter ficado bastante abalado emocionalmente. “Ela [a filha] desceu na hora. Poderia ter tido um desfecho bem trágico, não teve nada, só o trauma que me causou. Não foi nada demais, mas me machucou muito, falei que não dava pra viver nessa loucura, fiquei na paranoia, só saindo para trabalhar, festa era muito raro eu ir, fiquei mais recluso e resolvi dar um tempo”, declarou ele, mencionando o estopim de sua mudança para o outro país, em 2017.

Atualmente, Alexandre concilia sua carreira artística com o trabalho como corretor de imóveis – setor no qual teve de investir para poder se sustentar. “Por mais que meu pai tivesse uma imobiliária no Brasil, não era muito a minha praia. Mas de um ano pra cá eu aceitei e comecei a trabalhar vendendo imóveis também, agora, com a pandemia, a gente tem que se reinventar. Quem quiser comprar um imóvel em Portugal, pode me procurar”, acrescentou.

Alexandre Liuzzi também esteve em “Duas Caras”, quando interpretou Dagmar. (Foto: TV Globo / João Miguel Júnior)

De qualquer forma, Liuzzi já fez outros trabalhos em atuação por lá e acredita que esse “recomeço” tenha sido positivo. “Aqui, a diferença é começar do zero. Você conhece um, conhece outro. Faz um trabalho aqui, uma coisa menor. Mas é prazeroso reconquistar tudo de novo. Porque a gente fica muito acomodado no Brasil. Pra mim, foi ótima essa vinda”, comentou ele, lembrando que é reconhecido nas ruas por seus papeis nas telinhas.

Assista ao vídeo na íntegra aqui: