Ator Matt McGorry, de “Orange Is The New Black”, desabafa sobre obsessão com dietas e dificuldade para encontrar novos papéis após engordar: “Não sou mais ‘qualificado'”

A ideia de que existe um padrão estético “correto” a se seguir é um problema que ainda afeta muitas pessoas no mundo, e que atinge homens e mulheres, famosos ou não. Em um texto publicado na web nesta terça (26), o ator Matt McGorry se abriu sobre a obsessão que sentia para manter um corpo sarado, as dietas prejudiciais que se submeteu e como o novo momento da sua vida, aceitando os quilos a mais que ganhou, afetou diretamente nas suas oportunidades profissionais.

Em seu Instagram, o artista divulgou um vídeo a respeito do texto que redigiu, intitulado como “Minha jornada radical em direção à positividade corporal”. “Estou muito animado para dividir com vocês um artigo no qual estou trabalhando por meses. É sobre minha jornada com meu corpo e a imagem dele”, anunciou o artista, explicando que o desabafo contempla desde sua primeira dieta, aos 14 anos, até o processo de aceitação e redescoberta da autoestima.

View this post on Instagram

The title tells you what you're in for! "My Journey Towards Radical Body Positivity." Now on @Medium , the link is in my bio, you can swipe up in my stories, or Google the title plus my name. 😉(Shirt from @decolonizing_fitness an account I highly recommend following!) # "I’ve gained quite a bit of weight. I mean, I’ve really let go. And as a result, my health has been impacted. I have a healthier relationship with my body than ever before. I’ve let go of internalized fatphobia, and all correlating notions that I have to look a certain way to deserve love, dignity, and respect. Yeah, I’ve really let go of the myths and bullshit around what my body is supposed to look like. And I’m more joyful, more free, and more fulfilled because of it. * I’ll always remember my first big shirtless scene on television. It was also my first big acting gig, as Correctional Officer John Bennett on Orange Is the New Black. I was still moonlighting as a personal trainer at the time, and I prepared for the scene accordingly. In the two weeks before the shoot, I shifted from my normally restrictive diet to something more severe, rapidly dropping weight as a result. I also doubled my time in the gym and had a dehydration plan — a standard for bodybuilders, most fitness models, and many actors. As a result, my energy tanked, my sex drive became nonexistent, and I was constantly irritable and miserable, which put a good deal of strain on my relationship with the woman I was living with at the time. My free-falling energy levels made it impossible to focus on anything other than making it to the next meal, my obsession with food and losing weight, and my body, which I checked in the mirror many times a day. All the while, most of the people around me offered me the validation I craved as I pushed myself to unhealthy extremes."

A post shared by Matt McGorry (@mattmcgorry) on

Um dos pontos que mais se destacam em seu relato, é a respeito dos preparativos que Matt se submeteu para gravar a primeira cena sem camisa na série “Orange Is The New Black”. Segundo ele, foram duas semanas seguindo uma dieta severa, que incluía um plano de desidratação usado por fisiculturistas. “Como resultado, minha energia se esgotou, meu desejo sexual se tornou inexistente, e eu estava constantemente irritado e infeliz, o que exercia grande pressão sobre meu relacionamento com a mulher quem eu estava na época”, contou.

“Meus níveis de energia em queda livre tornaram impossível me concentrar em outra coisa senão chegar à próxima refeição. Minha obsessão por comida, perda de peso e meu corpo era tanta que eu olhava no espelho muitas vezes por dia. Durante todo o tempo, a maioria das pessoas ao meu redor me ofereciam a validação que eu desejava enquanto me esforçava em extremos prejudiciais”, recordou.

Foto: Matt Mc Gorry durante uma das cenas da série “Orange Is The New Black”. Foto: Reprodução/Netflix

Mesmo com todos os esforços, o proprietário da academia em que McGorry trabalhava como personal trainer e praticando levantamento de peso, o criticou dizendo que deveria ter perdido mais quilos. O ator relembrou que chegou a participar de competições com níveis de gordura perigosamente baixos. “Lembro-me de estar tão desidratado que sonhava com água. Meu corpo era incapaz de produzir calor suficiente para se aquecer, mesmo em temperaturas razoáveis. Meu desejo sexual continuava inexistente, com nada saindo quando eu tinha um orgasmo”, revelou.

No entanto, o ator conseguiu iniciar um novo processo em sua vida, abandonando a “cultura da dieta” para sempre. Desde então, ele tem estudado mais sobre o movimento “body positivity”, acompanhado o trabalho das pessoas que levantam essa bandeira e redescobrindo sua beleza. Hoje em dia, ele conseguiu ressignificar a palavra “gordinho” como um elogio e símbolo de empoderamento.

Matt McGorry interpretou Asher na série “How To Get Away With Murder” e mostrou seu novo corpo. Foto: Reprodução/YouTube

“Eu valho muito mais do que uma vida inteira obcecado com comida, exercício físico e peso. Eu sou um ser bonito e poderoso, definido por muito além da minha aparência. Eu apenas tive que retirar camadas e camadas de m*rda da sociedade antes que eu pudesse perceber”, comemorou.

Porém, em uma sociedade com tanto para evoluir neste assunto, o intérprete de Asher em “How To Get Away With Murder” se deparou com dificuldades para encontrar novos trabalhos como ator. “Ficou claro para mim que, ao tentar redefinir a masculinidade para mim e me tornar minha pessoa, me disseram que não sou mais qualificado para interpretar ‘um protagonista’ na tela”, falou.

O artista ainda comentou como sair do padrão “sarado e musculoso” influencia diretamente na forma que é visto pelos profissionais do setor. “A indústria incrivelmente superficial de Hollywood me diz que, devido às mudanças na forma do meu corpo, não sou visto como digno de um relacionamento na tela — mesmo em meu tamanho relativamente pequeno”, reclamou.