Azealia Banks diz que Kanye West é ‘gay enrustido’, e ameaça expor segredos do rapper: ‘Sei de muitas merd*s’ que você já fez’

Dois nomes que geralmente estão ligados a notícias polêmicas são os de Kanye West e Azealia Banks. Durante seu primeiro comício como candidato à presidência dos Estados Unidos, o rapper revelou ter considerado o aborto de sua primeira filha com Kim Kardashian, North, de 7 anos. A confusão continuou na página de Twitter do músico, em que ele fez acusações contra a esposa e outras declarações controversas.

Azealia, por sua vez, não ficou nada contente com as falas de Kanye. Em meio a uma longa crítica feita no Instagram, a artista disse que West não sofria de transtorno bipolar, como apontado por Kim, e afirmou ainda que o colega de profissão era um “homossexual enrustido”.

“Preciso falar algumas coisas. Esse lance do Kanye West está me deixando exausta. Eu nunca, em toda minha vida, defendi as Kardashian ou simpatizei com elas, mas estou vendo os tuítes do Kanye sobre aborto e, me desculpe, mas como alguém que é bipolar, tem borderline e depressão, eu nunca diria ao mundo – especialmente se fosse mãe – que já pensei em matar minha filha”, desabafou.

Segundo ela, a declaração de West poderia trazer sérios problemas para a pequena North. “Talvez seu intuito era envergonhar a Kim ou a si mesmo, não sei, mas porque você faria isso com uma criança? O que você acha que vai acontecer quando a North voltar para a escola, e as crianças começarem a provocá-la usando isso? ‘Ah, foi por isso que seu pai tentou te matar’. Você tem ideia de que isso pode se transformar num gatilho? O quão traumático isso é?”, criticou.

Em seguida, Banks desaprovou uma publicação feita por Kanye, semanas atrás (31), avisando que “mais de 22.500.000 bebês negros foram abortados nos últimos 50 anos”. “Existe uma luta para quebrar essa ideia de que mulheres negras são as piores cuidadoras do mundo e que não são dignas de serem mães, e aí você posta essas estatísticas sobre bebês negros abortados. Cara, você tem um útero?”, disparou.

“Você considerou o fato de que talvez muitas dessas mães não quisessem abortar o filho? Talvez, devido ao racismo sistemático e à desigualdade econômica, elas precisaram desistir de seus bebês. Talvez essas mulheres derramaram muitas lágrimas. Você já parou pra pensar nisso, seu filho da p*ta?! Não, porque você não tem transtorno bipolar, você é um homossexual não assumido! É disso que se trata! Você não me engana mais, Kanye”, prosseguiu.

Mais uma vez, o rapper condenou o aborto e apresentou um dado sem fontes. (Foto: Reprodução/Twitter)

Azealia ainda ameaçou expor supostos segredos e casos homossexuais de Kanye. “Essa é a primeira coisa que um homossexual não assumido faz. Ele procura uma igreja para ver se ele consegue se ‘purificar’ e se livrar de seus demônios. Mas eu vou te expor. Eu sei de muitas m*rdas homossexuais que você já fez. Você não é bipolar! Você só não se ama e tem medo de sair do armário, porque teme que isso afete sua imagem no mundo do hip hop”, esbravejou ela.

“Esse é um segredo que está escondido há muito tempo, que você é um homossexual no armário. Então deixe seus filhos, sua esposa e mulheres negras de fora disso. Você está tentando medicar a homossexualidade. Eu nunca te odiei mais do que odeio agora. Vá se f*der. Você precisa ser banido de ver seus filhos, porque, honestamente, não sei o que te fez pensar que seria OK falar aquilo pro mundo”, finalizou. Meu Deus!

Confira os Stories de Banks:

Relembre o caso

No dia 19 de julho, Kanye West realizou seu primeiro comício como candidato à presidência dos Estados Unidos, em North Charleston, na Carolina do Sul. Por lá, o rapper revelou ter considerado o aborto de sua primeira filha com Kim Kardashian, North West, de 7 anos.“Por um, dois, três meses, conversamos sobre ela não ter esse bebê. Ela tinha as pílulas na mão. E quando você toma aquilo, já era”, acrescentou.

Enquanto se recompunha, o rapper afirmou: “Mesmo que minha esposa queira se divorciar de mim após esse discurso, vou ser grato porque ela trouxe a North ao mundo, quando eu não queria. Não existe plano B. Só o plano A”. Fontes próximas ao casal informaram ao TMZ que a família Kardashian estava “preocupada, triste e alarmada” com o estado emocional de Kanye, e acredita que ele precise “desesperadamente de ajuda profissional, pois está passando por um episódio de bipolaridade, mas não lhes dá ouvidos”.