Amber Heard Johnny Depp (1)

Amber Heard acusa Johnny Depp de agressão sexual em novo julgamento e detalhes chocantes vêm à tona

O astro de “Piratas do Caribe” acusa a ex-mulher de difamação, após ela afirmar que foi vítima de violência doméstica

[Alerta Gatilho!] Johnny Depp e Amber Heard estão em uma nova briga judicial. O julgamento do caso em que o astro acusa a ex-mulher de difamação teve início nesta semana. As primeiras declarações na Corte foram dadas nesta terça-feira (12), em Fairfax, Virginia, quando a atriz fez uma acusação inédita de agressão sexual ao ator, entre uma série de outros detalhes que vieram à tona.

O processo

A história toda teve início em 2018, quando Amber Heard escreveu um artigo no “The Washington Post” afirmando que é uma sobrevivente de violência doméstica. Por mais que ela não tenha citado o nome de Johnny Depp, o artista entrou com o processo e alega que a situação trouxe danos para a sua reputação.

Johnny Depp acusa Amber Heard de difamação, após a atriz relatar que foi vítima de violência doméstica. (Foto: Getty)

Na Justiça, Depp quer provar que os detalhes dos depoimentos de Heard seriam falsos. O astro pediu uma indenização de US$ 50 milhões (aproximadamente R$ 233 milhões). Heard, por sua vez, fez uma alegação contrária e pediu U$ 100 milhões (cerca de R$ 467 milhões) posteriormente. Nas próximas semanas, o júri deve dar seu veredito sobre o assunto.

Continua depois da Publicidade

Novas acusações de Amber Heard

De acordo com a Rolling Stone, a equipe jurídica de Amber Heard acusou Johnny Depp de ter agredido sexualmente a atriz no período final de seu relacionamento – algo que nunca havia sido dito publicamente antes. Os advogados da estrela descreveram um “blecaute de três dias nos quais ele abusou e agrediu Amber sexualmente”. “Vocês ouvirão os termos mais gráficos e horripilantes sobre a violência [sexual] que ela sofreu. Vocês ouvirão isso diretamente dela”, antecipou a defesa.

Gettyimages 1390910515
Amber Heard acusou o ex-marido, Johnny Depp, de agressão sexual. (Foto: Getty)

A equipe de Heard acusou Depp de ter praticado tais comportamentos após ficar bêbado e sob efeito de drogas. Elaine Bredehoft, advogada da atriz, descreveu uma suposta troca de socos depois que Amber teria encontrado fotos de outra mulher nua no computador do artista. Outra briga física teria acontecido quando a loira perguntou ao então namorado sobre sua tatuagem de “Winona Forever” – fruto do relacionamento de Depp e Winona Ryder. Em resposta, o astro teria dado uma série de tapas na namorada e, quando ela caiu do sofá, ele teria dito: “Pensei que tinha afastado o monstro de vez”.

Continua depois da Publicidade

A defesa de Amber ainda detalhou um dos episódios mais chocantes, que teria acontecido em 2016, na Austrália. Depois de, supostamente, tomar de oito a dez comprimidos de MDMA, Depp teria rasgado o vestido da atriz, arrastado ela pelo chão, além ter desferido chutes e socos contra ela. “Então, ele a penetrou com uma garrafa de licor – é sobre esse Johnny Depp que vocês vão ouvir nesse caso”, relatou a advogada.

Defesa de Johnny Depp acusa Amber de ser “abusiva”

Por outro lado, a defesa de Johnny Depp acusou Amber Heard de ser fisicamente abusiva com o astro, a ponto de ele ter que, supostamente, trancar a si mesmo num banheiro para evitá-la. Os advogados do artista voltaram a falar que seria ela quem teria perpetrado violência doméstica. “Pessoa profundamente perturbada”, descreveram. “O único registro médico de um ferimento no relacionamento foi um machucado severo do senhor Depp após uma briga pouco depois do casamento, enquanto o casal estava na Austrália… Ela jogou uma garrafa de vodca nele, que bateu na sua mão e explodiu, cortando a ponta de um dos dedos dele”, afirmou a defesa.

Gettyimages 1390910514
Johnny Depp acusou Amber Heard de ser abusiva e de perpetrar violência doméstica. (Foto: Getty)

A equipe de Johnny também questionou a acusação de violência sexual feita por ela, sugerindo que a história poderia ter sido armada para fortalecer sua defesa. “A senhora Heard nunca fez essa acusação contra o senhor Depp – essa nunca fez parte das suas acusações de abuso em 2016. Então, o que mudou? Quando ela percebeu a seriedade do que havia alegado [sobre ser vítima de violência doméstica], ela entrou em pânico e alegou agressão sexual”, disse um advogado.

Continua depois da Publicidade

Defesa de Amber acusa Johnny de “espetacularizar” julgamento

Johnny Depp também foi acusado de querer tornar o julgamento algo “explícito” demais, quanto aos detalhes revelados sobre o que ele e Amber viveram. “Não é sobre qual das partes consegue jogar mais lama, mas vocês vão ouvir muito disso aqui nesse julgamento. Vocês vão ouvir isso porque é isso o que o senhor Depp quer que o caso se torne. Ele quer tornar o caso um espetáculo público de seis semanas dos mais íntimos aspectos do relacionamento e casamento deles”, argumentou a advogada de Heard.

A defesa de Amber Heard já espera que o novo julgamento do caso com Johnny Depp seja extenso e cheio de detalhes sórdidos. (Fotos: Getty)

Já a equipe do astro prometeu trazer numerosas testemunhas, incluindo policiais, que dariam seus relatos sobre o caso. “As evidências mostrarão que seis dias depois do senhor Depp pedir o divórcio, e três dias depois do advogado da senhora Heard ameaçar o senhor Depp com alegações de abuso caso ele não concordasse com as exigências financeiras dela, a senhora Heard chegou na Corte de Los Angeles, Califórnia, para dar entrada numa ordem de restrição por abuso doméstico”, disseram. “Vocês vão ouvir que esses oficiais determinaram que não houve violência e nenhum crime”, acrescentou a defesa sobre um episódio de 2016, alegando que não teriam ocorrido agressões e nem danos materiais.

Continua depois da Publicidade

Derrota de Johnny Depp em processo anterior

No ano passado, Johnny Depp e Amber Heard já haviam protagonizado um outro julgamento acerca de seu relacionamento. O astro processou o tabloide britânico The Sun por ter se referido a ele como “agressor de esposa”. Depois de semanas de muitos depoimentos e outros relatos chocantes, o artista perdeu a briga na Justiça.

Relembre o caso, clicando aqui.