Após acusações, Mayra Cardi revela ter sido proibida de citar nome de Arthur Aguiar e falar sobre o caso: “Quem deve, teme”; confira nota na íntegra!

Desde que resolveu se abrir sobre o casamento abusivo que viveu com Arthur Aguiar, Mayra Cardi seguiu revelando informações que comprovavam diversas infidelidades de seu ex-marido. No entanto, isso deve chegar ao fim! Nesta segunda-feira (3), a influencer revelou ter sido proibida de citar o nome do ator e falar abertamente sobre o caso.

Em uma nota divulgada pelo colunista Leo Dias, no Metrópoles, Cardi confirmou que foi intimada judicialmente na última sexta-feira (31) e lamentou o caso. “É natural que se queira me proibir de falar: quem deve, teme. É um padrão desse tipo de pessoa, principalmente quando são pegas: se não conseguem desmentir, a única opção é tentar silenciar. Contra fatos, não há argumentos”, escreveu ela.

Mayra Cardi ficou revoltada ao descobrir todas as traições de seu ex-marido, Arthur Aguiar. No entanto, ela não poderá falar mais do assunto! (Foto: Leo Franco / AgNews)

Mayra, no entanto, não mudou seu posicionamento e reforçou que as informações que ela tem descoberto – como de traições e supostos envolvimentos de Arthur com prostitutas – não foram desmentidas. “O ponto é: tudo o que eu disse até agora foram fatos e episódios que realmente aconteceram, e que até o presente momento NÃO foram desmentidos. Pelo contrário, todos foram confirmados, inclusive pela ‘parte autora das traições’ — já que não posso falar nomes”, argumentou.

Continua depois da Publicidade

No seu desabafo, Mayra alegou ter verificado e checado tudo o que tem exposto nas últimas semanas. Entretanto, a coach explicou que não se pronunciará mais sobre o caso. “Em cumprimento à determinação judicial, não posso mais me manifestar sobre o assunto. A decisão será cumprida e todos os fatos esclarecidos no Poder Judiciário”, concluiu ela.

Mayra Cardi tem exposto uma série de prints e conversas que comprovavam antigas infidelidades de Arthur Aguiar. (Foto: Eduardo Martins / AgNews)

Confira a nota na íntegra aqui:

“Venho por meio desta esclarecer que fui intimada. Mas, acho que preciso dizer algumas coisas sobre esse burburinho a respeito da intimação.

Antes de comentar sobre o que não pode mais ser dito, queria comentar sobre o que já foi falado.

Até agora, tudo o que eu falei sobre o assunto relacionado à minha separação e às diversas traições foi comprovado: cada afirmação minha foi, primeiramente, verificada para saber a origem da informação antes de divulgá-la. Eu tenho relatos, prints e depoimentos de pessoas que contaram o que aconteceu. Eu sempre tomei o cuidado de não sair falando qualquer coisa.

Continua depois da Publicidade

O ponto é: tudo o que eu disse até agora foram fatos e episódios que realmente aconteceram, e que até o presente momento NÃO foram desmentidos. Pelo contrário, todos foram confirmados, inclusive pela ‘parte autora das traições’ — já que não posso falar nomes.

Agora, quanto à proibição, é natural que se queira me proibir de falar: quem deve, teme. É um padrão desse tipo de pessoa, principalmente quando são pegas: se não conseguem desmentir, a única opção é tentar silenciar. Contra fatos, não há argumentos.

Mas, em cumprimento à determinação judicial, não posso mais me manifestar sobre o assunto. A decisão será cumprida e todos os fatos esclarecidos no Poder Judiciário”.

Continua depois da Publicidade

Relembre o caso

Semanas após um longo desabafo sobre ter vivido um casamento abusivo com Arthur Aguiar, Mayra Cardi seguiu revelando uma série de prints e arquivos que comprovam infidelidades do ator. No final de julho, a coach também se irritou ao ver que, não apenas o ex-marido teria usado o dinheiro dela para bancar programas, como também teria tentado não pagar prostitutas.

Mayra Cardi deu entrevistas e várias declarações falando sobre traições e outros segredos de seu relacionamento com Arthur Aguiar. (Foto: Reprodução/ Youtube/ Instagram)

Segundo Cardi, desde que expôs o assunto, são frequentes os novos relatos de antigas traições do artista. “Todos os dias chegam muitos prints, e-mails… Eu ainda pagava os programas dele. Umas prostitutas bonitas, com certezas caras, porque não têm cara de puta barata. Eu estava bancando caro”, mencionou. “Quando eu disse que eram 16 traições, eu não sabia nem um quinto. Já passaram de 50. Não consigo nem mais quantificar. O mais triste de tudo é saber que estava grávida quando essa p*taria começou”, acrescentou.

Continua depois da Publicidade

Mayra também anexou conversas de Tais Lambertini, nas quais a mulher confirmava que o ator teria usado dinheiro da esposa para pagá-la. “Eu sou bastante transparente. Não sou Arícia (Silva). Ele usou seu dinheiro sim para me pegar e eu assumo isso!”, disse ela.

Em suas mensagens com Mayra Cardi, Tais Lambertini mencionou Aricia Silva, tida como affair de Arthur Aguiar. (Fotos: Reprodução/Instagram)

Nos prints enviados por Tais, Artur aparece pedindo para “repetir a dose” com a garota, mas “sem ser cliente” e não pagar pelos serviços dela. “Será que você vai querer repetir qualquer dia desses? Só que dessa vez eu quero ir sem ser cliente, só para ser diversão mesmo, para relaxar!”, escreveu ele, nas interações com Lambertini.

Continua depois da Publicidade

Sobre a postura, Mayra avaliou: “Isso é um desvio de caráter muito grande”. A coach se mostrou revoltada com essa situação, afirmando que isso realmente não ficaria oculto tanto tempo. “Sai com a prostituta, paga e depois quer comer de graça? Enganar tanto tempo assim, foi só a trouxa aqui. Não vai sair usando todas as pessoas assim, passando a perna no mundo inteiro. Uma hora a casa cai”, ressaltou. Confira alguns dos prints:

Há algumas semanas, Arthur Aguiar também confirmou a Leo Dias que pedirá na Justiça a divisão dos lucros da empresa que tinha em sociedade com Mayra Cardi. A decisão pegou a influenciadora de surpresa e, após rebater um comentário de Maurício Meirelles sobre direitos iguais na divisão de bens para homens e mulheres, ela fez um longo desabafo sobre o assunto em suas redes sociais. E esse divórcio está longe de chegar a um fim…

Vem saber mais detalhes sobre as acusações e a briga judicial, clicando aqui e aqui.