Após dez anos, Taylor Swift publica página de diário pessoal sobre treta com Kanye West durante o VMA: “Isso não acontece na vida real”

Em 2009, durante o MTV Video Music Awards, o mundo assistiu ao marco zero de uma treta que renderia durante anos e anos. A cena constrangedora de Kanye West interrompendo o discurso de Taylor Swift vive na memória de muitas pessoas, inclusive da cantora. Em seu diário pessoal, a voz de “Lover” registrou tudo que sentiu naquele momento difícil. Agora, anos depois do ocorrido, ela decidiu dividir com seus fãs os relatos íntimos sobre a fatídica noite.

Na cerimônia, Taylor Swift venceu a categoria “Melhor videoclipe feminino” e subiu no palco para fazer seu discurso. Porém, enquanto fazia seus agradecimentos, foi interrompida de forma inesperada pelo rapper Kanye West. O artista alegou que o prêmio deveria ser Beyoncé, que concorria na categoria com a música “Single Ladies”. Mais tarde naquela noite, a Queen B venceu em outra categoria, “Melhor videoclipe do ano”, e decidiu ceder seu espaço para que a colega cantora pudesse fazer seu agradecimento sem nenhuma interferência.

Dez anos depois, muita água correu debaixo dessa ponte, e Taylor Swift quer encerrar o caso da forma mais sincera possível. Em uma das versões deluxe do seu novo álbum “Lover”, a cantora incluiu páginas do seu diário pessoal. Um dos textos fala justamente sobre o que ela viveu no VMA. “Ahh… As coisas que podem mudar em uma semana. Vamos apenas dizer que se você tivesse me dito que Kanye West, a mídia e a minha participação no VMA teria sido o foco número um da minha semana, eu teria olhado para você de olhos arregalados”, começou.

Apesar da humilhação, Taylor Swift parecia não entender ao certo tudo que tinha acontecido no dia seguinte. “Se você tivesse me dito que uma das maiores estrelas da música iria pular no palco e anunciar que ele achava que eu não deveria ter ganho na televisão ao vivo, eu teria dito: ‘Isso não acontece realmente na vida real’. Bem… Aparentemente… Acontece”, escreveu.

Na época, Kanye West pediu perdão para a cantora em um post no seu blog. “Eu sinto muitooooo, Taylor Swift, seus fãs e sua mãe. Falei com a mãe dela logo depois [o ocorrido] e ela disse a mesma coisa que minha mãe teria dito. ‘Ela é muito talentosa!’ Eu realmente me sinto mal por Taylor, e sinceramente sinto muito!”, disse. A cantora aceitou as desculpas do rapper e eles até tentaram uma amizade, mas tempos depois os dois protagonizariam outras várias brigas maiores, e hoje eles são desafetos públicos assumidos.